Card image
Super carros
ZOE E-TECH: o carro 100% elétrico da Renault

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 26/05/2021
  • Atualizado: 26/05/2021 às 15:26
  • Por: Thomas Bento

Quando foi apresentado em 2018 no Salão do Automóvel de São Paulo, o Renault Zoe já criou muitas expectativas para o mercado de carros elétricos e agora o novo Zoe E-Tech se superou em tudo.

Foi desenvolvido no centro de tecnologia da Renault, em Guyancourt, de onde também vem toda a tecnologia para os carros de Fórmula 1 da marca. Ele foi lançado em 2012 e hoje é o carro elétrico mais vendido na Europa. Por aqui não devemos chegar a esses números pois seu preço ultrapassa os 200 mil reais.

 

Renault ZOE E-Tech
Carro Elétrico mais vendido da Europa

 

Um Carro 100% Elétrico

Eu nunca havia dirigido um carro 100% elétrico, e realmente o que impressiona é o silêncio dentro da cabine. Parece que se desliga do mundo externo: é só você e o motor de 135 cv com bateria de 52 KWh, fazendo de 0 a 100 em menos de 10s e podendo rodar até 385 quilômetros.

 

Traseira Renault ZOE E-Tech
Todas as luzes do carro são de LED

 

Com certeza não é um carro para se medir o quão rápido ele anda, apesar de ser super ágil na cidade e com arranque “espertinho”. Ele foi criado para compensar qualquer perda de energia que se possa ter quando estamos dirigindo.

Como, por exemplo, assim que você tira o pé do acelerador o Zoe começa a freiar gradualmente, como se fosse um freio a motor, para não ter tanto desgaste nos freios, chamado de “Modo B”.

Toda sua aerodinâmica é pensada para que se haja uma mínima resistência ao ar. E mais uma opção de economia é o modo Eco de direção. Isso você sente assim que aciona o sistema, pois ele fica mais devagar e demora mais na aceleração. Todas essas opções podem ser selecionadas em uma alavanca “e-shifter”; que fica no console central.

 

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

 

Reciclagem nos acabamentos

Bom, além de toda essa parte tecnológica salvando energia, o carro também tem muitos itens que são 100% recicláveis. Antes essas peças não ficavam à vista dos passageiros, mas agora são destaque no Renault. Todos os tecidos que podemos ver nos bancos e painéis são 100% recicláveis, com 50% de aparas de cinto de segurança e 50% de garrafas plásticas. Outros detalhes internos também são feitos com peças de 100% polipropileno reciclável. Apesar disso, ao entrar no carro você não percebe nenhuma diferença, ao contrário, o acabamento do ZOE é impecável.

 

Banco Renault ZOE E-Tech
Banco com tecido 100% reciclável

 

Motor elétrico e autonomia

Como já citei, o ZOE E-Tech tem uma autonomia de até 385 quilômetros, ou seja, dá para fazer uma boa viagem com ele. Mas claro que tudo isso depende do modo de condução. Para entregar toda essa capacidade, a Renault se uniu com a LG Chem e criaram juntas a bateria Z.E. 50 que tem um desempenho 62% maior que a primeira bateria usada no ZOE em 2012, quando foi lançado.

Motor e bateria ZOE
Motor com 135 CV e bateria de 52 kWh

 

O modo de carregamento do carro é simples, ele pode se adaptar a diferentes potências: de 2.3 kW até 22 kW em modo AC (corrente alternada), ou em 50 kW no modo DC (corrente contínua). Ou seja, pode carregar na sua casa ou em qualquer unidade de carregamento existente em garagens de shoppings, mercados e estradas.

Carregando seu carro

A Renault tem parceria com a EDP e WEG, empresas responsáveis pelo desenvolvimento, instalação e manutenção dos equipamentos de recarga da Renault. Ao comprar o ZOE E-TECH você entra diretamente em contato com o fabricante (EDP) para que eles instalem um ponto de abastecimento na sua residência ou garagem. Os preços também variam entre R$ 6.000 a R$ 11.000.

Com os equipamentos certos o carro carrega 100% em um pouco mais de duas horas, porém, em potências mais fracas pode demorar muito mais. Para se ter um exemplo, estações públicas de carregamento têm cerca de 22 kW, com isso o carro ganha uma autonomia de 150 quilômetros em apenas uma hora.

 

Carregamento Renault ZOE
Carrega em até duas horas

 

Valores e versões

São funcionalidades e tecnologias avançadas, que nos fazem pensar realmente em uma vida com carros elétricos. Porém, apesar disso tudo, os custos ainda são muito altos no Brasil. A versão de entrada (ZEN) tem o valor de R$ 204.990. Já a versão Intense sai por R$ 219.900. Em acabamento, as duas se diferenciam nas rodas e no Step Full Sized.

Enfim, um carro ótimo tanto para a cidade como para viagens. Mas é bom pesquisar antes se terá um ponto de carregamento chegando lá. A questão é que o preço ainda é muito alto se comparado com outros veículos a combustão. São escolhas, mas a única certeza é que temos que economizar muito no bolso para economizar energia!

 

Veja mais detalhes no vídeo:

 

LEIA MAIS:

Pourchaire vence corrida 3 em Mônaco; Drugovich vai ao pódio
Lawson é desclassificado de corrida 2 da F2; Ticktum herda vitória
Lawson vence corrida 2 na pista molhada em Mônaco
Zhou vence em Mônaco; Drugovich vai ao pódio