Card image
Super carros
O campeão Ricardo Maurício avalia o esportivo Honda Civic SI

6 Minutos de leitura

  • Publicado: 04/09/2019
  • Atualizado: 05/09/2019 às 10:54
  • Por: Isabel Reis

Bem-vindo ao Superteste do SuperCarros RACING. Nosso objetivo é trazer carros de grande performance e tecnologia para serem testados por pilotos experientes, que sabem o que é velocidade e emoção.

Estamos iniciando com o esportivo Honda Civic SI, avaliado por Ricardo Maurício, convidado da RACING e um dos melhores pilotos brasileiros da atualidade, recém ganhador da Corrida do Milhão da Stock Car (também venceu essa prova em 2010) e com um amplo currículo, inclusive no cenário do automobilismo internacional (veja currículo do piloto no final do texto).

Honda Civic
Foto: Alexandre Nogueira/Racing

Escolhemos o Honda Civic SI para estrear este espaço por ser um esportivo possível, digamos assim. Ele tem um preço intermediário para carros desse segmento, é esportivo de verdade, não apenas um modelo com adereços. Outro motivo é que Ricardo Maurício foi Tricampeão do Brasileiro de Marcas com a Honda (com bolha do Honda Civic) em 2012, 2013 e 2014. É uma pena que o campeonato não existe mais.

Honda Civic
Foto: Duda Bairros

O carro ficou com a RACING durante uma semana e pudemos fazer também a nossa avaliação editorial, rodando pela cidade de São Paulo e pelas estradas que levam ao litoral norte. Tanto a conclusão da RACING como a de Ricardo Maurício é: o SI se transforma em um autêntico esportivo quando está no modo Sport, com uma performance e dirigibilidade bem impressionantes.

Honda Civic
Foto: divulgação/Honda

Principais características deste carrão

Cupê de duas portas;
Motor 1.5 turbo de alta performance e torque;
Potência máxima de 208 cv a 5700 rpm;
Torque de 26,5 kgf.m aos 2100 rpm (mantido em 70% da faixa de rotação do motor);
Injeção direta e duplo comando de válvulas variáveis no cabeçote;
Transmissão manual de seis velocidades com engates curtos e precisos;
Dois modos de operação (normal ou Sport) com suspensão adaptativa;
Pneus, rodas, freios, focados em performance;
Agilidade e precisão na direção;
Grade frontal preta com largas tomadas de ar;
Aerofólio traseiro;
Rodas de liga leve de 18 polegadas.

Avaliação de Ricardo Maurício

Ricardo Maurício fez vários comentários favoráveis ao Civic SI, como a suspensão bem rígida e segura, afinal amortecedores, molas, braços de suspensão e outros componentes foram derivados do super Honda Civic Type R, uma fera cuja tecnologia veio das pistas. O volante do SI é elétrico e também se ajusta quando apertamos a tecla “S” de Sport no botão ao lado da alavanca de câmbio. Vamos ver o que o campeão falou:

Honda Civic
Foto: divulgação/Honda

“Tudo se ajusta na suspensão e direção para aceitar a maior performance do comando Sport. Nesse momento, parece que o carro se transforma, com suspensão bem em contato com o solo, muito rígida, trazendo segurança para as manobras radicais e para entrar nas curvas acelerando. A transmissão tem trocas de marchas curtas e precisas, bem fácil de manejar. A embreagem também é muito leve, sem necessidade de ficar pisando pesado. Isso torna a pilotagem no trânsito bem tranquila e confortável e dá mais agilidade quando se está em maior velocidade.

Honda Civic
Foto: divulgação/Honda

Sobre o visual, achei bem bonito, apesar que prefiro automóveis com cores mais sóbrias (esse SI é vermelho). Também confesso que o aerofólio traseiro não me atrai muito. Com certeza ele tem uma finalidade técnica, de segurar mais o carro na pista. Entretanto, gosto mais de discrição.

Corri com o Civic, mas era uma bolha. Este é um modelo de verdade, que eu gostaria de levar para Interlagos e fazer um 0 a 100 km/h para saber em quantos segundos ele acelera (a Honda não divulga os dados de velocidade e aceleração). Quanto aos freios, parecem bem eficientes, pois eles reagem rapidamente e com precisão.

Honda Civic
Foto: divulgação/Honda

A posição ao dirigir também é esportiva, com os bancos inclinados. A regulagem dos bancos e do volante permitem que se ache a melhor posição. Na regulagem normal, o Civic SI fica bem fácil de rodar, como se fosse um carro comum de rua. Passei por vários obstáculos na cidade e ele não raspa embaixo. Mas se acelerar, ele atende imediatamente.

Honda Civic
Foto: divulgação/Honda

Particularmente, prefiro um SUV para o meu uso no dia-a-dia, pois tenho família, duas filhas, carregamos muita bagagem. Mas seria interessante ter um “brinquedo” como esse para participar de algumas provas de aceleração em pistas”.

Considerações da RACING

O preço está no meio termo entre os modelos esportivos de luxo e os de entrada. O “brinquedo” custa R$ 164.900. Mas a Honda sabe que o público desse carro é realmente o apaixonado, provavelmente aquele que já possui um outro modelo para rodar com a família. Tanto é assim, que ele não tem produção nacional, é importado, e costumam chegar somente de dois a três lotes por ano. Você não vai encontrar o Civic SI em qualquer concessionária.

Honda Civic
Foto: Alexandre Nogueira/Racing

Da minha parte, como jornalista especializada em automóveis há muito tempo, dou parabéns à Honda por trazer um esportivo de verdade. Digamos que a palavra “esportivo” é bem ampla. Algumas marcas colocam faixas laterais, rodas de liga leve, pneus de perfil baixo, uma pintura chamativa, e já tratam os modelos como esportivos!

Honda Civic
Foto: Alexandre Nogueira/Racing

Também gostei bastante dos bancos, que abraçam o seu corpo e não o deixam inclinar. Ele não precisa de chave de ignição para ligar: basta apenas deixá-la por perto e apertar um botão no painel, ao mesmo tempo em que pisa na embreagem. Ele herdou do Civic Touring o útil recurso da tela que mostra toda a lateral do veículo, ao dar a seta para a direita. Esse sistema multimídia de sete polegadas se integra aos sistemas Apple CarPlay e Android Auto. O sistema de áudio é de 450 watts, com 10 alto-falantes.

Experiências da jornalista ao volante

Honda Civic
Foto: Alexandre Nogueira/Racing

Com o Honda Civic SI conectado ao Apple CarPlay, acionei o Sporfy, escolhi uma das minhas playlists de viagem e acelerei em direção ao litoral norte de São Paulo. Era uma manhã chuvosa e, do nada, em uma das pistas da Rodovia dos Imigrantes, surge um cachorro tentando atravessar. O carro estava na velocidade limite de 120 Km/h na condução Sport.

Tive que decidir em milésimos de segundo se freava ou se fazia um slalom, me encaixando entre os dois carros da pista ao lado. Optei pelo slalom: puxei o volante para à direita, depois imediatamente para esquerda e o carro sequer inclinou. Não teria feito essa manobra com um carro comum! Thank you, Civic SI, por ter me livrado de um acidente. O cãozinho, então, ficou mais grato ainda.

Histórico de Ricardo Maurício

– Piloto da Stock Car;
– Equipe Eurofarma RC;
– Segundo lugar no campeonato 2018;
– Vencedor da Corrida do Milhão 2019 (bicampeão, pois venceu a prova também em 2010);
– Bicampeão da Stock Car (2008 e 2013);
– Tricampeão no Brasileiro de Marcas com a Honda em 2012, 2013 e 2014.

Títulos: 

– Campeão Brasileiro de Fórmula Ford – 1995;
– Campeão Espanhol de Fórmula 3 – 2003;
– Tricampeão do Brasileiro de Marcas com um Honda Civic (2012, 2013 e 2014);
– Bicampeão da Stock Car (2008 e 2013).

Experiência Internacional:

– Fórmula 3 Inglesa;
– Fórmula 3000 Internacional (categoria de acesso à Fórmula 1).

Confira a entrevista exclusiva com Ricardo Maurício:

Ficha Técnica Honda Civic SI

Motor
1.5L DOHC Turbo
Combustível – Gasolina
Cilindrada (cm3) – 1.498
Diâmetro dos cilindros x curso dos pistões (mm) – 73 x 89,5
Número de cilindros / disposição / válvulas por cilindro – 4 / Em linha / 4
Posição – Transversal
Potência Máxima (cv / rpm) – 208/5700
Torque Máximo (kgfm / rpm) – 26.5/2100 – 5000
Taxa de compressão – 10.3:1
Formação de mistura – Injeção Direta

Transmissão
Câmbio – Manual 6 marchas
Embreagem – Disco Seco
Rodas Motrizes – Dianteira

Suspensão
Dianteira – Independente tipo MacPherson com amortecedores adaptativos
Traseira – Independente tipo multibraços com amortecedores adaptativos

Direção
Tipo – Elétrica com pinhão duplo e relação variável
Diâmetro de giro (m) – 5,5
Voltas no volante (batente a batente) – 2,2

Freios
Dianteiros – Disco ventilado 312 mm
Traseiros – Disco sólido 282 mm

Rodas e Pneus
Liga Leve 18 x8
Pneus 235/40 R18

Pesos (kg)
Em ordem de marcha – 1.321
Peso máximo permitido – 1.740

Garantia
Três anos sem limite de quilometragem

Preço
R$ 164.900

Honda Civic
Foto: Thomas Bento/Racing

Vídeos: Thomas Bento