Card image
Super carros
Renault Captur chega acelerando por R$ 124.990!

5 Minutos de leitura

  • Publicado: 07/07/2021
  • Atualizado: 07/07/2021 às 15:01
  • Por: Thomas Bento

Desde o seu lançamento, o Renault Captur inovou no design. Foi apresentado no Salão do Automóvel em 2016 e chegou às ruas em março de 2017. Na época, suas linhas e faróis eram bem diferentes dos carros da Renault e isso foi o seu apelo de vendas. Hoje (07/07) ele acaba de ser apresentado ao público com uma reestilização de acabamentos mais refinados, como faróis full LED. Mas o seu maior destaque está no motor 1.3 turbo TCe de 170cv.

 

Renault Captur 2022
Novo design do Renault Captur vem com o famoso LED C Shape da Marca

Atrás do Prejuízo

Não é nenhum segredo que o segmento dos SUVs está cada vez mais aquecido e com muitas ofertas no mercado brasileiro. Hoje, temos 47% dos SUV já com motor turbo e 44% são vendidos acima de R$ 110.000. A Renault apresentou no início de 2021 um projeto de investimento da marca de 1.1 bilhão de reais com a renovação de cinco produtos. Um foi o Renault ZOE, que nós já avaliamos aqui, e agora temos essa reestilização.

O Renault Captur nunca chegou a ser líder em vendas. O seu melhor mês, de acordo com a Fenabrave, foi em junho de 2019 com 3.898 unidades vendidas. A Renault, na ocasião, era a terceira em emplacamentos no Brasil com 10,72% do mercado. Entretanto, o principal produto era Kwid, que concorria com Chevrolet Onix, Hyundai HB20 e Ford Ka.

Para tentar alavancar a carreira do Captur, foram apresentadas muitas versões, mas também muitas retiradas das concessionárias. Porém ele nunca encarou com força os seus concorrentes. Em 2020, por exemplo, vendeu 10.870 unidades contra 60.119 do líder VW T-Cross.

Agora a Renault chega com um motor competitivo, um novo design, melhores acabamentos e maiores porta-malas, torque e altura livre do solo da categoria. Será que isso tudo será suficiente para finalmente emplacar as vendas do SUV?

 

LEDs Renault Captur
O Renault Captur vem com faróis Full LED na versão topo de linha.

Todo em LED

Tanto na dianteira como na traseira ele ganhou novos faróis e lanternas em LED. Os faróis de neblina têm o auxílio em curvas e na versão topo de linha ele recebeu faróis full LED, que iluminam até 75% a mais que os de luz amarela. Não disse que era muito LED?

Fora a parte de iluminação, o carro tem agora uma grade frontal mais larga e com acabamentos em cromado, além de um novo para-choque mais robusto. Na traseira ele ganhou a ponteira do escapamento também cromada e as letras do logotipo do carro podem ser na cor do veículo. Por falar em cor, ele segue com oito combinações de cores e seis combinações em bíton com o teto apenas em preto ou prata.

O interior foi totalmente remodelado em termos de materiais e acabamento. Está com um painel de toque macio e novas cores marrom Castanyera e preto, que dão um contraste mais refinado. A nova central multimídia tem oito polegadas, sistema de interatividade mais rápido e espelhamento para iOS e Android.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

 

Painel Renault Captur
O painel ficou muito mais suave ao toque com novos acabamentos

Da F1 para as ruas

Como aqui somos amantes do automobilismo, sempre focamos nas tecnologias embarcadas nos carros de rua, que foram desenvolvidas nas pistas. Um exemplo aplicado no Renault Captur foi a redução de atrito de alguns componentes principais do motor, o que resulta em um melhor consumo de combustível.

Também destaco o sistema de injeção direta, que gera 250 bar de pressão. Esse binômio faz com que a partida seja dada sem nenhum sistema adicional, quando o carro está em etanol. Além disso, há as tecnologias do sistema turbocompressor e do comando de válvulas variável, também desenvolvidos pela equipe Renault de F1.

 

Motor 1.3 Turbo TCe
Novo motor 1.3 Turbo TCe

O tão esperado motor turbo

O desenvolvimento do motor 1.3 Turbo TCe é uma parceria global da aliança Renault-Nissan- Mitsubishi e foi feito em conjunto com a Daimler em mais de 40 mil horas de avaliações. Porém, apenas o Captur apresenta a tecnologia flex.

São 170 cv de potência com etanol e 162 a gasolina o que geram 190 km/h de velocidade máxima e 0-100 km/h em 9s2, tudo isso com contando com a ajuda do novo câmbio CVT XTRONIC. A resposta do CVT está muito mais rápida: a gente consegue sentir ao dirigir e não tem nenhuma conexão com o câmbio antigo. Com isso, ganha o conforto aos passageiros, mas também entrega um arrojo em retomadas e acelerações.

Veja mais detalhes:

Versões e valores:

Não temos carros mais baratos no Brasil, isso é uma verdade! Com toda essa entrega do Renault Captur não poderia ser diferente dos demais: seus valores se igualam bastante ao de seus concorrentes turbo acima de R$120.000.

Zen R$ 124.990
  • Multimídia Easylink 8” com espelhamento de smartphones Android Auto e Apple Carplay
  • Volante com comandos integrados e ajustes de profundidade e altura
  • 4 airbags (dois dianteiros e dois laterais)
  • Câmera e sensores de estacionamento traseiros
  • Controle de estabilidade (ESP)
  • Controle de tração (ASR)
  • Assistente de partida em rampa (HSA)
  • Luzes de circulação diurna (DRL) em LED
  • Sensor de pressão dos pneus
  • Chave-cartão
  • Sistema Start-Stop
  • Piloto automático (regulador e limitador de velocidade)
  • Rodas de 17 polegadas
  • Opcional: pintura bíton
Intense (R$ 129.990) – os equipamentos da Zen mais:
  • Ar-condicionado automático
  • Luzes de neblina em LED com função “cornering”, auxiliar em curvas
  • Sensor crepuscular
  • Sensor de chuva
  • Duas saídas USB para o banco traseiro
  • Função “Follow me home” nos faróis
  • Opcionais: pintura bíton e revestimento interno premium
Iconic (R$ 138.490) – os equipamentos da Intense mais:
  • Faróis com tecnologia full LED
  • Sensor de ponto cego
  • Sistema de câmeras Multiview, com quatro câmeras
  • Sistema de partida remota do motor
  • Revestimento interno premium
  • Opcionais: pintura bíton e sistema de áudio BOSE com seis alto-falantes, subwoofer no porta-malas e
    equalizador digital exclusivo.

 

LEIA MAIS:

Verstappen vence com facilidade o GP da Áustria de F1

Kartismo cresce no Brasil! 83 Pilotos na 1ª etapa no Nordeste

Comentários