Card image
Super carros
Pagani apresenta Huayra Codalunga, hipercarro de R$ 37 milhões

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 22/06/2022
  • Atualizado: 22/06/2022 às 15:27
  • Por: Leonardo Marson

Que a Pagani produz alguns dos carros mais exclusivos do planeta, não é novidade alguma. E agora a fabricante traz mais um destes veículos, O Pagani Huayra Codalung, hipercarro que levou em conta a opinião dos clientes para uma produção das mais limitadas: apenas cinco unidades.

Pagani
Foto: Pagani

O projeto surgiu ainda em 2018, após dois clientes reportarem a fabricante de que gostariam de uma versão long-tail do Huayra Coupé. A ideia era que o modelo se destacasse pela aerodinâmica, mas mantivesse a elegância da versão original, uma marca da Pagani.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

Como não se nega pedido de cliente quase nunca, a divisão de projetos especiais da marca trabalhou por dois anos para desenvolver o modelo. Cada uma das unidades será comercializada por absurdos 7 milhões de euros, o equivalente a R$ 37,6 milhões, na conversão direta.

LEIA MAIS:

Motorista bate Bugatti Veyron de Cristiano Ronaldo na Espanha

O motor é o Pagani V12 6.0 biturbo, que gera 840 cv e 112,2 kgfm. A transmissão do Huayra Codalunga é automática de sete velocidades. A fabricante não revelou dados de velocidade máxima e tempo de aceleração de 0 a 100 km/h, mas estima-se que o modelo supere 300 km/h e chegue aos 100 km/h em 3s.

O modelo tem clara inspiração em modelos dos anos 1960 que correram as 24 Horas de Le Mans, a mais tradicional corrida de longa duração do planeta, tendo uma cauda longa. Assim, o Pagani Huayra Codalunga tem linhas simples. As cores são neutras, também inspiradas na década de 1960.

Pagani
Foto: Pagani

A frente do veículo remete ao Huayra “tradicional”, mas também com linhas mais suaves. As entradas do ar no capô são menores em relação ao coupé. Já a traseira possui tem lanternas circulares e escapamento com quatro saídas, todas ao centro. Não há grades no veículo.

Por dentro, são usados materiais como couro legítimo, fibra de carbono, aço e alumínio. A cabine do modelo tem inspiração em aviões, algo comum em modelos produzidos pela Pagani. O peso do carro também impressiona pela leveza: são apenas 1.280 quilos.

Comentários