Card image
Notícias
Stock Series vira passo obrigatório para chegar à Stock Car

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 11/01/2022
  • Atualizado: 11/01/2022 às 11:00
  • Por: Leonardo Marson

A Stock Series, novo nome da Stock Light, passa a ser, a partir desta temporada, passo obrigatório para pilotos que buscam alcançar o grid da Stock Car. O anúncio foi feito pela Vicar, empresa promotora das duas categorias, nesta segunda-feira (10), em uma medida que valerá para pilotos de todas as categorias do automobilismo brasileiro.

Stock Series
Stock Series é o novo nome da Stock Light. (Foto: Duda Bairros)

“Esta é uma medida coerente com a remodelação da Stock Series, que até o ano passado se chamava Stock Light. A Stock Series é definitivamente onde os aspirantes à Stock Car são testados e aprovados. Por isso, estamos implantando evoluções em todos os aspectos da competição”, disse Fernando Julianelli, diretor-executivo da Vicar.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

“Para 2022, por exemplo, teremos um carro mais agressivo, agora com a carenagem do Chevrolet Cruze usado na Stock Car. O carro será também apenas 1,5 segundo mais lento que o Stock da categoria principal, ou seja, andará muito perto. Vai ser interessante comparar o tempo de volta de cada modelo já na estreia, em Interlagos, dia 13 de fevereiro”, seguiu o dirigente.

LEIA MAIS:

Full Time renova contrato com Rafael Suzuki para temporada da Stock Car

Considerando os últimos campeões da principal categoria do automobilismo brasileiro, nada menos que 72% dos pilotos saíram da classe de acesso em seus mais variados nomes ao longo dos tempos. “As equipes têm consciência de que construímos o laboratório ideal para quem quer não apenas chegar à Stock Car, mas também chegar pronto para brigar por pódios e vitórias”, explica Julianelli.

“Um consenso entre todos é que o índice de 72% vai ser aumentado a partir de agora. Não apenas pela obrigatoriedade que está sendo colocada para quem chega de categorias de base, mas principalmente por que o carro e o ambiente estão muito mais afinados em 2022. Daqui sairão grandes campeões”, completa o dirigente.

Comentários