Card image
Notícias
Salas vira líder no início e vence pela primeira vez na Stock Car

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 22/11/2020
  • Atualizado: 22/11/2020 às 12:42
  • Por: Leonardo Marson

Guilherme Salas venceu neste domingo (22) a primeira corrida da penúltima etapa da temporada 2020 da Stock Car. O piloto da KTF Sports largou da segunda posição na prova disputada no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO), mas assumiu a liderança logo na segunda volta, mantendo a posição até a chegada. Foi a primeira vitória do dono do Chevrolet Cruze número 85.

Guilherme Salas
Salas deu a primeira vitória na Stock Car para a KTF. (Foto: Duda Bairros)

A segunda posição ficou com Diego Nunes, piloto da Blau Motorsport que tomou essa posição após um incidente entre Allam Khodair, seu companheiro de equipe, e Bruno Baptista, ainda na terceira volta. O pódio foi completado por Denis Navarro, da Cavaleiro Sports. Gabriel Casagrande fechou a corrida em quarto com um equipamento da R. Mattheis, sendo seguido por Julio Campos, da Crown Racing.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Gaetano di Mauro, companheiro de Salas na KTF, fechou a corrida em sexto, ficando logo à frente de Ricardo Zonta, sétimo com um equipamento preparado pela RCM. Felipe Lapenna, da Vogel, fechou a prova em oitavo, enquanto Daniel Serra completou em nono com o carro da Eurofarma RC. Rubens Barrichello, da Full Time, foi o décimo e largará da pole position na corrida 2.

A segunda corrida está marcada para 11h55, e também contará com transmissão dos canais Sportv.

Confira como foi a corrida

Allam Khodair manteve a primeira posição nos metros iniciais, seguido por Guilherme Salas. Bruno Baptista superou Diego Nunes para tomar a terceira posição, enquanto Julio Campos completou o grupo dos cinco primeiros na primeira volta em Goiânia. Cacá Bueno apareceu parado na grama ainda no giro inicial, abandonando a disputa.

Na segunda volta, Thiago Camilo teve problemas em seu Corolla, e foi aos boxes. Pouco depois, Salas superou Khodair para assumir a liderança da corrida. O piloto da Blau Motorsport tentou dar o troco na volta seguinte, mas o rival da KTF jogou duro. Os dois se tocaram e Khodair rodou, coletando Bruno Baptista, que também escapou da pista.

Nunes assumiu a segunda posição, mas vinha dois segundos atrás de Salas. Na sequência, Átila Abreu tentou a ultrapassagem sobre Ricardo Maurício, que defendeu a posição e mandou o paulista para a grama. Na volta à pista, o piloto da Shell V-Power atingiu Galid Osman, companheiro de equipe, e os dois pararam na grama.

Logo na abertura da janela de paradas nos boxes, Salas, Nunes e Gabriel Casagrande foram para a troca de pneus e reabastecimento. Daniel Serra e Rubens Barrichello entrou nos boxes na volta seguinte, enquanto Campos parou no giro seguinte, sendo muito pressionado por Di Mauro. Bruno Baptista foi punido com um drive through pelo incidente com Khodair..

Após as paradas nos boxes, a corrida voltou a ter Salas na liderança, seguido por Nunes, Navarro, Casagrande e Campos, no complemento da 13ª volta. A corrida entrou nos dez minutos finais com Zonta pressionando Serra em disputa pela sétima colocação. Mais atrás, Rubens Barrichello passou por Ricardo Maurício, tomando a décima posição.

Na 18ª volta, Ricardinho foi aos boxes mais uma vez, colocando mais combustível e trocando os quatro pneus, pensando na segunda corrida. Outro piloto da Eurofarma RC, Serra acabou superado por Felipe Lapenna, caindo para o nono lugar. Na frente, Salas seguia em ritmo forte, e ampliou a diferença para Nunes para três segundos.

Salas seguiu para vencer pela primeira vez na carreira, sendo seguido por Nunes e Navarro.