Card image
Notícias
Bruno Baptista: conheça a revelação da Stock Car 2021

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 10/06/2021
  • Atualizado: 10/06/2021 às 13:01
  • Por: Isabel Reis

Bruno Baptista, jovem piloto de 24 anos, é uma revelação da Stock Car. A terceira e a quarta etapas, em 19 e 20 de junho, criam desde já uma expectativa sobre o desempenho de Bruno, atualmente vice-líder da Stock Car Pro Series 2021. Apenas dois pontos o separam do líder Daniel Serra.

Arte: Thomas Bento

Para o público (e dirigentes) os holofotes deste ano continuam sobre os grandes nomes do automobilismo brasileiro, como os ex-pilotos de Fórmula 1, Felipe Massa, Rubens Barrichello, Ricardo Zonta e Nelsinho Piquet. Sem falar do ídolo Tony Kanaan, que disputará toda a temporada deste ano. Mas, na prática, os resultados vêm de pilotos mais jovens, com garra e vontade de vencer.

Bruno é vice-lider da temporada 2021 da Stock Car Pro Series – Fotos: HYSET (HRacing)

Bruno Baptista é um desses jovens talentos, que corre pela equipe RCM Motorsport, a mesma de Ricardo Zonta. Na primeira etapa, em Goiânia, ele desbancou os favoritos e disputou a liderança do campeonato com Daniel Serra, tricampeão da Stock Car. Em Interlagos, em maio, onde aconteceu a segunda etapa, Bruno terminou em segundo lugar.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Agora será a hora da verdade para Bruno, na pista do autódromo Velocitta, em Mogi Guaçu, SP. Um momento para provar a sua performance e ser campeão da profissional Stock Car Pro Series no final do ano. O Velocitta foi palco da sua primeira vitória, em 2019. Naquela época, o sonho de Bruno era vencer uma corrida. Chegou lá. Agora, na quarta temporada na Stock a sua intenção é lutar pelo título. Uma meta e tanto, considerando que só há feras disputando e todas de olho justamente no título!

Na segunda etapa, em Interlagos, Bruno terminou em segundo lugar – Fotos: HYSET (HRacing)

As etapas da Stock Car são compostas por duas provas de 30 minutos. A vitória vale 30 pontos na primeira e 24 pontos na segunda. Somando os pontos de pole position, estão em jogo 112 pontos no total para quem vença as duas corridas e faça as duas poles. Fiz três perguntas para Bruno Baptista. Vejam o que pensa esse jovem piloto:

Racing – Você já correu no exterior e agora está na principal categoria do automobilismo nacional. Há alguma intenção de voltar a correr lá fora ou o foco é mesmo na Stock?

Bruno Baptista – Eu tenho sim a intenção de correr lá fora. Eu corri na Europa três anos da minha vida e tenho vontade de voltar. Eu tinha até um contrato este ano na Europa e, infelizmente, por causa do Covid, não se concretizou. Mas quero voltar, sem sair da Stock Car: fazer paralelamente alguma coisa no exterior.

Bruno tem 24 anos e corre na Stock Car há quatro temporadas – Fotos: HYSET (HRacing)
Racing – Como foi o seu preparo para chegar entre os primeiros este ano? Houve uma meta pré-determinada desde o início?

Bruno Baptista – É o meu quarto ano de Stock Car. E está tudo acontecendo muito naturalmente. Não teve nenhum preparo em especial. Eu sou um piloto profissional e é normal chegar em uma categoria nova e ter um tempo de adaptação. Ainda mais eu, que era muito novo quando iniciei na Stock e talvez precisasse de mais tempo do que outros pilotos já bem mais experientes na categoria.

Em 2020 Bruno conquistou a pole position, teve uma vitória em Cascavel, além do pódio de terceiro lugar, em Goiânia – Fotos: HYSET (HRacing)
Racing – Você se sente um tanto intimidado sabendo que está disputando o pódio com tantas feras brasileiras?

Bruno Baptista – Não me sinto. Vejo pilotos do meu lado como o Felipe Massa, o Rubens e para mim é muito natural correr com eles. Na Europa eu disputei com pilotos de altíssimos níveis, que hoje estão na Fórmula 1. Eu sei do meu potencial e sinto que é o mesmo que o de todos. Estou mostrando do que sou capaz. Respeito a história dos mais experientes, mas não me sinto intimidado.

Ficha técnica do piloto

Bruno Baptista é piloto da equipe RCM Motorsports, com apoio das empresas XP Private, Loctite, Oakberry, Pro Automotive, Hero, NGK do Brasil e Volt.

Bruno é da equipe RCM Motorsports, a mesma de Ricardo Zonta, ex-piloto de Fórmula 1 – Fotos: HYSET (HRacing)

2010 – Começou no kart com 13 anos. Aos 17, foi direto para a Fórmula 4 Sul-americana.

2014 – Tornou-se campeão na primeira temporada da Fórmula 4 Sul-americana. Esse título abriu as portas na Fórmula Renault europeia e outras categorias, como a Fórmula Renault Alps e na Toyota Series, na Nova Zelândia.

2017 – Correu na GP3, categoria-base da Fórmula 1, e também em provas de Endurance nos Estados Unidos, onde venceu as 12 Horas de Miami e Miami 300.

2018 – Bruno estreou na Stock Car, a convite da equipe RCM, tendo Lucas Di Grassi, campeão mundial de Fórmula E, como companheiro.

2019 – Na RCM, seu parceiro foi Max Wilson, campeão da Stock Car em 2010. Bruno terminou o ano no top 10 do campeonato, na frente de Max, com três pódios e a vitória no Velocitta, tornando-se o piloto mais jovem a vencer naquela temporada, com 22 anos.

2020 – Conquistou a pole position e a vitória em Cascavel, além do pódio de terceiro lugar, em Goiânia, ao lado dos ex-pilotos de F1, o vencedor Rubens Barrichello e o segundo colocado, Nelson Piquet.

LEIA MAIS:

Carlos Col, grande promotor das pistas, dá uma aula sobre automobilismo

O que quer Fernando Julianelli, o novo CEO da Stock Car

Gastão Fráguas, campeão mundial, o novo homem do kart sul-americano

Como crianças se tornam pilotos

Em busca dos Superpilotos