Card image
Notícias
Straver morre uma semana depois de acidente no Rally Dakar

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 24/01/2020
  • Atualizado: 24/01/2020 às 10:28
  • Por: Leonardo Marson

Morreu na manhã desta sexta-feira (24) o holandês Edwin Straver, piloto de moto que se acidentou na penúltima etapa do Rally Dakar, disputada no último dia 16 de janeiro, entre as cidades de Shubaytah e Haradh, na Arábia Saudita. Straver sofreu uma queda no quilômetro 124, e foi internado imediatamente, não resistindo as lesões e tendo morte cerebral nesta madrugada.

Edwin Straver
Edwin Straver disputava do Dakar pela terceira vez. (Foto: Dakar)

Tão logo o holandês sofreu o acidente, o helicóptero médico do Dakar imediatamente resgatou o piloto, levando-o para um hospital em Riad, capital saudita. Straver foi encontrado em condição de parada cardíaca, e os médicos passaram a trabalhar na ressuscitação do atleta. Desde então, o competidor respirava por aparelhos, que foram desligados após a família permitir esta decisão por conta da morte cerebral.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Straver tinha 48 anos e fez carreira no motocross. Essa era a terceira participação do piloto na mais importante rali do planeta. Até o acidente, o holandês aparecia na 30ª colocação geral e liderava a classe Original by Motul, da qual havia sido campeão em 2019.

LEIA MAIS:
Veterano nas motos, Paulo Gonçalves morre em acidente no Dakar

Desta forma, o Dakar 2020 contabilizou a segunda morte na edição deste ano. Na sétima das 12 especiais realizadas na Arábia Saudita, o português Paulo Gonçalves perdeu a vida após sofrer um acidente com sua Hero. “Speedy”, como o lusitano era conhecido no ambiente do esporte a motor, tinha no currículo um título mundial de rali cross country e uma segunda posição na prova.