Card image
Competições
Serradori vence especial; Alonso termina em segundo

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 13/01/2020
  • Atualizado: 13/01/2020 às 10:25
  • Por: Leonardo Marson

Mathieu Serradori e Fabian Lurquin venceram nesta segunda-feira (13) a oitava especial do Rally Dakar entre os competidores dos carros. Correndo com um Buggy da SRT Racing, a dupla formada pelo francês e pelo belga completou os 477 quilômetros da especial laço realizada em Wadi Al Dawasir, na Arábia Saudita, em 3h48min23s, triunfando pela primeira vez em um estágio do maior rali do mundo.

Mathieu Serradori
Serradori bateu Alonso para vencer a especial. (Foto: Dakar)

A segunda posição ficou com Fernando Alonso e Marc Comá, dupla da Toyota que encerrou o dia com um atraso de 4min04s em relação a Serradori e Lurquin. Orlando Terranova e Bernardo Graue, argentinos que correm com um Mini, foram os terceiros, sendo seguidos por Giniel de Villiers e Alex Haro Bravo, da Toyota. Yazeed Al Rajhi e Konstantin Zhiltsov, com outro carro da marca japonesa, fecharam o top-5.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Jakub Przygonski e Timo Gottschalk ficaram com a sexta posição após a especial desta segunda-feira com um Mini, sendo seguidos por Bernhard ten Brinke e Tom Colsoul, da Toyota. Erik van Loon e Sébastien Delaunay, com um Toyota, fecharam o dia na oitava colocação, terminando à frente de Stéphane Peterhansel e Paulo Fiúza, da Mini. O grupo dos dez primeiros foi completado por Nani Roma e Daniel Carreras, com um Borgward.

LEIA MAIS:
Sainz vence especial e amplia liderança nos Carros
Veterano nas motos, Paulo Gonçalves morre em acidente no Dakar
Dakar cancela oitava etapa para Motos e Quads após morte de Gonçalves
Comunidade do esporte a motor lamenta morte de Paulo Gonçalves

Na briga pela vitória da prova, se Peterhansel se colocou entre os dez primeiros, o mesmo não aconteceu com os outros dois favoritos. Nasser Al-Attiyah e Matthieu Baumel, com um Toyota, ficaram com a 11ª colocação, enquanto Carlos Sainz e Lucas Cruz, com um Mini, foram ainda mais discretos, terminando apenas com o 15º tempo, 19min15s atrás dos vencedores.

Após a realização de oito especiais, Sainz e Cruz seguem na liderança do Dakar, agora com 31h56min52s, tempo 6min40s melhor em relação a Al-Attiyah e Baumel, os segundos colocados. Peterhansel e Fiúza, 13min09s atrás dos líderes, aparecem em terceiro, sendo seguidos por Al Rajhi e Zhiltsov. Terranova e Graue completam a lista dos cinco primeiros.

O Dakar terá prosseguimento nesta terça-feira (14), quando os competidores deixam Wadi Al Dawasir e seguem em direção a Haradh, em um percurso total de 886 quilômetros. Destes, 410 quilômetros serão cronometrados.