Card image
Competições
Quintanilla vence especial e reduz vantagem de Brabec nas Motos

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 14/01/2020
  • Atualizado: 14/01/2020 às 16:42
  • Por: Leonardo Marson

Pablo Quintanilla venceu nesta quarta-feira (14) a nona especial do Rally Dakar, disputada entre as cidades de Wadi Al Dawasir e Haradh, na Arábia Saudita. Após um dia sem etapa por conta do falecimento do português Paulo Gonçalves, a prova foi retomada nesta manhã, com a realização de um estágio de 410 quilômetros, completada pelo chileno da Husqvarna em 3h30min33s.

Pablo Quintanilla
Quintanilla é o principal perseguidor de Brabec na classificação do Dakar. (Foto: Dakar)

A segunda colocação ficou com Toby Price, australiano da KTM que foi apenas 1min54s mais lento que Quintanilla. Joan Barreda Bort ficou com a terceira posição com uma Honda, sendo seguido pelo companheiro de equipe e líder do Dakar Ricky Brabec. O grupo dos cinco primeiros colocados do estágio foi completado por Ross Branch, que corre com uma KTM.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Kevin Benavides, com uma Honda, terminou a quarta-feira com a sexta posição, sendo seguido pelo irmão e piloto da KTM Luciano Benavides. José Ignacio Cornejo Florimo ficou com a oitava posição com uma Honda, enquanto Andrew Short, com uma Husqvarna, completou a especial em nono. A lista dos dez mais rápidos foi completada por Matthias Walkner, da KTM.

LEIA MAIS:
Dakar cancela oitava etapa para Motos e Quads após morte de Gonçalves
Veterano nas motos, Paulo Gonçalves morre em acidente no Dakar
Comunidade do esporte a motor lamenta morte de Paulo Gonçalves

Após a realização da nona especial, o Dakar é liderado nas motos por Brabec, que agora tem um acumulado de 31h59min29s. A segunda posição pertence a Quintanilla, atrasado em 20min53s em relação ao líder da prova. Price aparece em terceiro, sendo seguido por Barreda Bort. O grupo dos cinco primeiros é completado por Cornejo Florimo. Lincoln Berrocal aparece em 75º, após completar a especial desta quarta-feira em 81º.

O Rally Dakar terá prosseguimento nesta quarta-feira (15), quando os pilotos deixam Haradh e seguem em direção a Shubaytah, em um percurso total de 608 quilômetros. A especial terá 534 quilômetros cronometrados.