Card image
Notícias
Price vence especial e é campeão do Dakar nas motos

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 17/01/2019
  • Atualizado: 17/01/2019 às 15:33
  • Por: Leonardo Marson

Toby Price conquistou nesta quinta-feira (17) seu segundo título no Rally Dakar nas motos. O australiano, que assumiu a liderança da prova na oitava das dez especiais, venceu o último estágio da prova, realizado entre Pisco e Lima, no Peru, ao completar os 112 quilômetros cronometrados em 1h14min01s, faturando o bicampeonato e, também, a manutenção da hegemonia da KTM, que soma agora 18 triunfos seguidos.

LEIA MAIS:
López e Quintanilla faturam título do Dakar nos UTVs

O único rival que poderia tirar o título de Price era Pablo Quintanilla, da Husqvarna. O piloto, porém, sofreu uma queda logo no quilômetro 10, e se viu sem chances de bater o australiano. O chileno ainda teve que engolir a perda da segunda posição para Matthias Walkner, também piloto da KTM, terceiro colocado na especial desta quinta, atrás de “Nacho” González Florimo, e vice-campeão com um atraso de 9min13s para Price.

Sam Sunderland completou o 1-2-3 da KTM no Dakar deste ano, deixando Quintanilla apenas com a quarta colocação, sendo o melhor piloto da Husqvarna na prova. Andrew Short, com outra Husqvarna, fechou a edição deste ano da prova fora de estrada mais famosa do planeta na quinta posição.

Vencedor de duas especiais nesta edição, Xavier de Soultrait foi o sexto com uma Yamaha, chegando à frente de “Nacho” González Florimo. Luciano Benavides, da KTM, finalizou o Dakar na oitava colocação, deixando Oriol Mena, que correu com uma Speedbrain em nono. O grupo dos dez melhores foi completado por Daniel Nosiglia Jager, boliviano que correu com uma Honda.

Quem merece destaque também é a espanhola Laia Sanz, que completou esta edição do Dakar na 11ª posição com uma KTM, chegando 3h24min10s atrás de Price.

Foto: Red Bull Content Pool