Card image
Notícias
Peterhansel vence especial e dispara na liderança do Dakar

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 12/01/2021
  • Atualizado: 12/01/2021 às 16:03
  • Por: Leonardo Marson

Stéphane Peterhansel e Edouard Boulanger venceram a nona especial do Rally Dakar. Nesta terça-feira (12), a dupla da Mini foi a melhor no estágio disputado em laço na cidade de Neom, na Arábia Saudita, após completarem os 465 quilômetros cronometrados em 4h50min27s. Foi a primeira vitória do “Monseir Dakar” na edição deste ano da prova.

Stéphane Peterhansel
Peterhansel tenta mais um título no Dakar. (Foto: Julien Delfosse)

Nasser Al-Attiyah e Matthieu Baumel, com um Toyota, ficaram com a segunda colocação, distantes 12min00s do tempo de Peterhansel e Boulanger. Giniel de Villiers e Alex Bravo, companheiros do catari e do francês, foram os terceiros, seguidos por Yazeed Al-ARajhi e Dirk von Zitzewitz, também da Toyota. Brian Baragwanath e Taye Perry, com um Century, fecharam o top-5.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Martin Prokop e Viktor Chytka, dupla que compete com um Ford, fechou a especial com a sexta posição, sendo seguidos por Cyril Despres e Michael Horn, que correm com um Peugeot. Khalid Al Qassimi e Xavier Panseri, com outro Peugeot, ficaram com o oitavo lugar da especial. O grupo dos dez melhores ainda contou com Benediktas Vanagas e Filipe Palmeiro, da Toyota, e Nani Roma e Alexandre Winocq, da Mini.

LEIA MAIS:

Al-Attiyah vence pela quarta vez e se aproxima de Peterhansel
Al-Rajhi vence na abertura da segunda semana do Dakar
Sainz e Cruz vencem sexta especial do Dakar nos carros
De Villiers vence pela primeira vez uma especial no Dakar 2021

Os brasileiros que disputam o Dakar nos carros tiveram ótimo desempenho nesta terça-feira. Marcelo Gastaldi e Lourival Roldan fecharam a especial com a 13ª colocação com um Century. O resultado poderia ser ainda melhor, já que a dupla foi punida com o acréscimo de cinco minutos. Já Guiga Spinelli e Youssef Haddad ficaram com a 20ª colocação com um Mini.

Após nove especiais, Peterhansel e Boulanger lideram o Dakar com um acumulado de 34h6min16s, tempo 17min50s melhor em relação a Al-Attiyah e Baumel, os segundos colocados. Sainz e Cruz, 11º nesta terça-feira, seguem em terceiro. Spinelli e Haddad são os 15º colocados, enquanto Gastaldi e Roldan aparecem na 30ª posição.

A quarta-feira do Dakar contará com mais uma especial, essa entre Neom e AlUla. Serão 583 quilômetros totais, e 342 quilômetros cronometrados.