Card image
Notícias
Nacho Cornejo vence especial, e Van Beveren vira líder nas motos

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 09/01/2022
  • Atualizado: 09/01/2022 às 18:55
  • Por: Leonardo Marson

José Ignacio Cornejo venceu neste domingo (9) a sétima especial do Rally Dakar entre os competidores das motos. O chileno, que defende a Honda, completou os 402 quilômetros entre as cidades de Riad e Al-Dawadimi, na Arábia Saudita, em 3h28min46s, garantindo sua primeira vitória na atual edição do maior rali do planeta.

Nacho Cornejo
Cornejo venceu uma especial pela primeira vez nesta edição. (Foto: Honda)

A segunda posição ficou com Kevin Benavides, piloto da KTM que foi 44 segundos mais lento em relação a Nacho Cornejo. Joan Barreda Bort, com outra Honda, foi o terceiro, sendo seguido por Luciano Benavides, irmão de Kevin e piloto da Husqvarna. O grupo dos cinco melhores ainda contou com Lorenzo Santolino, com uma Sherco.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

Joaquim Rodrigues, com uma Hero, fechou a especial com a sexta posição, ficando logo a frente de Ricky Brabec, sétimo com uma Honda. Andrew Short colocou a Yamaha na oitava posição, enquanto Toby Price, com uma KTM, foi o nono. A lista dos dez melhores foi completada por Adrien van Beveren, piloto da Yamaha.

LEIA MAIS:

Sanders vence especial encurtada do Dakar. Sunderland lidera nas motos
Danilo Petrucci vence pela primeira vez uma especial do Dakar nas motos
Barreda Bort vence quarta especial, mas Sunderland segue líder nas motos
Rodrigues vence especial nas motos. Sunderland mantém liderança
Barreda Bort fatura segunda especial nas motos. Sunderland lidera
Sanders vence primeira especial do Dakar nas motos

Um dos destaques da atual edição do Dakar, Pablo Quintanilla fechou a especial na 11ª colocação com uma Honda. Matthias Walkner, da KTM, ficou apenas com o 24º lugar. Quem teve muitas dificuldades na especial foi Sam Sunderland, piloto da GasGas que ficou apenas com a 28ª posição da especial, mais de 25 minutos atrás de Cornejo.

Após o encerramento da sétima especial, o Dakar tem um novo líder nas motos: Adrien van Beveren, que tem acumulados 23h45min02s. Matthias Walkner aparece na segunda posição, 5min12s atrás do piloto da Yamaha. Kevin Benavides é o terceiro, sendo seguido pelo agora quarto colocado Sam Sunderland. Lorenzo Santolino fecha o top-5.

Vitória brasileira na especial dos quadriciclos

Marcelo Medeiros ficou com a vitória na especial deste domingo entre os pilotos dos quadriciclos. O piloto, único brasileiro na disputa desta classe, completou os 402 quilômetros em 4h17min18s, faturando sua primeira vitória neste Dakar. Alexandre Giroud foi o segundo colocado do dia, 3min07s atrás de Medeiros, enquanto Pablo Copetti foi o terceiro.

A quarta posição do dia entre os competidores dos quadriciclos ficou com Aleksandr Maksimov, enquanto o polonês Kamil Wisniewski fechou a lista dos cinco primeiros nesta classe. Francisco Moreno foi o sexto, seguido por Sebastien Souday. Zdenek Tuma, Vincent Padrona e Carlos Alejandro Verza fecharam o top-10.

Após sete especiais, Giroud ocupa a liderança do Dakar com 29h38min54s acumulados. Copetti aparece na segunda colocação com 18min21s de atraso. Maksimov é o terceiro colocado, sendo seguido por Wisniewski. Moreno fecha a lista dos cinco melhores. Medeiros aparece na nona posição.

Dakar parte para dia mais longo nesta edição

A segunda-feira do Dakar será o dia com mais quilômetros percorridos. A caravana deixa Al-Dawadimi e segue em direção a Wadi Ad Dawasir para uma especial de 395 quilômetros. Com os deslocamentos, os competidores percorrerão 830 quilômetros.

Comentários