Card image
Notícias
Loeb vence especial nos carros, mas Al-Attiyah segue líder do Dakar

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 03/01/2022
  • Atualizado: 03/01/2022 às 16:45
  • Por: Leonardo Marson

Sébastien Loeb e Fabian Lurquin venceram nesta segunda-feira (3) a segunda especial do Rally Dakar entre os competidores dos carros. Correndo com um Prodrive, a dupla completou os 338 quilômetros entre as cidades sauditas de Ha’il e Al-Artawiya em 3h25min00s, garantindo o primeiro triunfo na atual edição da prova fora de estrada mais importante do planeta.

Sébastien Loeb
Loeb é vice-líder do Dakar. (Foto: DPPI)

Nasser Al-Attiyah e Matthieu Baumel, com um Toyota, ficaram com a segunda posição, distantes 3min28s de Loeb e Lurquin. Carlos Sainz e Lucas Cruz colocaram a Audi na terceira posição, sendo seguidos pelos companheiros de equipe Stéphane Peterhansel e Edouard Boulanger. Nani Roma e Alex Haro Bravo completaram o top-5 com um Prodrive.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

O dia foi marcado por um incidente bizarro envolvendo Giniel de Villiers, piloto da Toyota. O sul-africano, que tem como navegador Dennis Murphy, abalroou a moto de Cesar Zumarán, que tentava sair do local onde estava. O chileno se levantou com dificuldades e sinalizou para que o competidor dos carros avançasse, o que foi feito. De Villiers fechou a especial em oitavo, enquanto Zumarán, nas motos, foi o 108º.

LEIA MAIS:

Al-Attiyah vence primeira especial do Dakar. Peterhansel e Sainz sofrem
Sanders vence primeira especial do Dakar nas motos

Após a disputa da segunda especial, Nasser Al-Attiyah e Matthieu Baumel seguem na liderança, agora com 6h59min21s, 9min16s à frente de Sébastien Loeb e Fabian Lurquin, os segundos colocados. Lúcio Álvarez e Armand Monleon são os terceiros, seguidos por Giniel de Villiers e Dennis Murphy. Vladimir Vasilyev e Oleg Uperenko fecham o top-5.

Brasileiros tomam liderança nos UTVs

Michal Goczal e Szymon Gospodarczyk venceram a segunda especial do Dakar entre os competidores dos UTVs. A dupla polonesa percorreu o estágio em 4h10min34s, garantindo a vitória. Austin Jones e Gustavo Gugelmin ficaram com a segunda posição, 1min21s atrás dos vencedores. Rodrigo Luppi e Maykel Justo foram os terceiros colocados.

A classificação aponta Austin Jones e Gustavo Gugelmin na liderança dos UTVs, com um tempo acumulado de 8h51min19s. Rodrigo Luppi e Maykel Justo aparecem na segunda posição após duas especiais, distantes 2min28s dos líderes. Gerard Farrés Guell e Diego Ortega Gil completam a lista dos três melhores.

Domínio da Kamaz segue nos caminhões

Andrey Karginov, Andrey Mokeev e Ivan Malkov ficaram com a vitória entre os competidores dos caminhões. Em mais um dia dominado pelas trincas da Kamaz os donos do caminhão número 509 percorreram a especial em 3h52min07s. Dmitry Sotnikov, Ilgiz Akhmetzianov e Ruslan Akhmadeev foram os segundos, 38 segundos distantes dos vencedores. Eduard Nikolaev, Evgenii Yakovlev e Vladimir Rybakov foram os terceiros.

Os três trios ponteiam a classificação, com Dmitry Sotnikov, Ilgiz Akhmetzianov e Ruslan Akhmadeev na liderança com 7h59min07s acumulados. Eduard Nikolaev, Evgenii Yakovlev e Vladimir Rybakov são os segundos, 2min07s atrás dos líderes. Andrey Karginov, Andrey Mokeev e Ivan Malkov ocupam o terceiro lugar.

Nova etapa laço

O Dakar parte para sua terceira especial com uma nova etapa laço, com largada e chegada em Al-Artawiya. O estágio será o mais curto da prova até o momento, com 255 quilômetros, enquanto o percurso total contará com 636 quilômetros.

Comentários