Card image
Notícias
Loeb vence especial no início da segunda semana do Dakar

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 09/01/2022
  • Atualizado: 09/01/2022 às 19:17
  • Por: Leonardo Marson

Sébastien Loeb e Fabian Lurquin venceram neste domingo (9) a sétima especial do Rally Dakar entre os pilotos dos carros. Correndo com um Prodrive do Bahrein Raid Xtreme, a dupla completou os 402 quilômetros entre as cidades sauditas de Riad e Al-Dawadimi em 3h09min32s, garantindo mais uma vitória em estágio nesta edição.

Sébastien Loeb
Loeb ocupa a segunda posição na soma dos tempos. (Foto: DPPI)

Nasser Al-Attiyah e Matthieu Baumel, com um Toyota, ficaram com a segunda posição, distantes 5min26s em relação a Loeb e Lurquin. Carlos Sainz e Lucas Cruz, com um Audi, foram os terceiros colocados, sendo seguidos pelos companheiros de equipe Stéphane Peterhansel e Edouard Boulanger. Yazeed Al-Rajhi e Michael Orr, com um Toyota da Overdrive, completaram o top-5.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

Bernhard ten Brinke e Sébastien Delaunay completaram a especial com a sexta colocação, chegando logo à frente dos companheiros de equipe Overdrive Toyota, Lucio Álvarez e Armand Monleon. Mattias Ekstrom e Emil Bergkvist colocaram a Audi na oitava posição, enquanto Nani Roma e Alex Haro Bravo, da Prodrive, foram os nonos. Vladimir Vasilyev e Oleg Uperenko foram os décimos com um BMW.

LEIA MAIS:

Dakar: Terranova fatura vitória na sexta especial nos carros
Lategan vence pela primeira vez na atual edição do Dakar nos carros
Al-Attiyah vence especial e dispara na liderança nos carros
Sainz vence especial com Audi híbrido. Al-Attiyah dispara na liderança
Loeb vence especial nos carros, mas Al-Attiyah segue líder do Dakar
Al-Attiyah vence primeira especial do Dakar. Peterhansel e Sainz sofrem

Única dupla brasileira na disputa do Dakar entre os competidores dos carros, Marcelo Gastaldi e Cadu Sachs tiveram mais um bom desempenho. Os dois, que competem com um Century, fecharam a especial com a 20ª colocação, distantes 24min37s em relação a Loeb e Lurquin.

A classificação geral aponta Al-Attiyah e Baumel na liderança do Dakar após sete especiais, com 23h52min22s, marca 44min59s melhor em relação a Loeb e Lurquin, os segundos colocados. Al-Rajhi e Orr aparecem em terceiro. Já Gastaldi e Sachs ganharam mais duas posições e avançaram para a 38ª posição.

Kamaz faz “apenas” o 1-2

A Kamaz segue dominando as ações nos caminhões. Anton Shibalov, Dmitrii Nikitin e Ivan Tatarinov venceram a especial deste domingo (9), ao completarem os 402 quilômetros do dia em 3h33min17s. Eduard Nikolaev, Evgenii Iakovlev e Vladimir Ribakov ficaram com a segunda posição, distantes 1min37s dos vencedores.

A grande zebra do dia foi o fato de a Kamaz não dominar o top-3, como ocorreu na maioria das especiais neste ano. Os responsáveis por quebrarem o domínio dos russos foi o trio da Iveco formado por Martin van der Brink, Peter Willemsen e Bernard Der Kinderen, que completaram o estágio com um atraso de 4min25s em relação aos vencedores.

A liderança do Dakar segue nas mãos de Dmitry Sotnikov, Ruslan Akhmadeev e Ilgiz Akhmetzianov, que têm acumulados 26h05min54s. Eduard Nikolaev, Evgenii Iakovlev e Vladimir Ribakov aparecem em segundo, distantes 5min14s dos líderes, enquanto Anton Shibalov, Dmitrii Nikitin e Ivan Tatarinov fecham a lista dos três melhores.

Dakar parte para dia mais longo nesta edição

A segunda-feira do Dakar será o dia com mais quilômetros percorridos. A caravana deixa Al-Dawadimi e segue em direção a Wadi Ad Dawasir para uma especial de 395 quilômetros. Com os deslocamentos, os competidores percorrerão 830 quilômetros.

Comentários