Card image
Notícias
Ekstrom lidera 1-2 da Audi na oitava especial dos carros no Dakar

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 11/01/2022
  • Atualizado: 11/01/2022 às 10:49
  • Por: Leonardo Marson

Mattias Ekstrom e Emil Bergkvist venceram nesta segunda-feira (10) a oitava especial do Rally Dakar entre os competidores dos carros. A dupla, que corre com um Audi híbrido, completou os 395 quilômetros cronometrados entre Al-Dawadimi e Wadi Ad Dawasir, na Arábia Saudita, em 3h43min21s, garantindo o primeiro triunfo na atual edição do maior rali do mundo.

Mattias Ekstrom
Ekstrom venceu uma especial pela primeira vez. (Foto: DPPI)

A Audi ainda pôde comemorar o 1-2 da especial, já que Stéphane Peterhansel e Edouard Boulanger foram os segundos colocados, apenas 49 segundos atrás de Ekstrom e Bergkvist. Sébastien Loeb e Fabian Lurquin, com um Prodrive da BRX, foram os terceiros colocados, sendo seguidos por Carlos Sainz e Lucas Cruz, com outro Audi. Henk Lategan e Brett Cummings, da Toyota, fecharam o top-5.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

Orlando Terranova e Daniel Oliveras levaram o equipamento da Prodrive ao sexto lugar na especial desta segunda-feira, ficando à frente de Matthieu Serradori e Loïc Minaudier, sétimos com um Century. Jakub Przygonski e Timo Gottschalk, dupla que defende a Mini, foram os oitavos, enquanto Giniel de Villiers e Dennis Murphy, e Yazeed Al-Rajhi e Michael Orr, ambos da Toyota, completaram o grupo dos dez melhores.

LEIA MAIS:

Loeb vence especial no início da segunda semana do Dakar
Dakar: Terranova fatura vitória na sexta especial nos carros
Lategan vence pela primeira vez na atual edição do Dakar nos carros
Al-Attiyah vence especial e dispara na liderança nos carros
Sainz vence especial com Audi híbrido. Al-Attiyah dispara na liderança
Loeb vence especial nos carros, mas Al-Attiyah segue líder do Dakar
Al-Attiyah vence primeira especial do Dakar. Peterhansel e Sainz sofrem

Nasser Al-Attiyah e Matthieu Baumel, dupla que tem dominado a atual edição do Dakar, ficou com a 11ª posição com um Toyota. Já Marcelo Gastaldi e Cadu Sachs, única formação completamente brasileira competindo nos carros, ficaram com a 33ª posição com um Century, ficando 45min16s atrás do tempo obtido pelos vencedores da especial.

Al-Attiyah e Baumel seguem na liderança do Dakar, agora com 27h45min52s acumulados. A dupla aparece 37min58s à frente de Loeb e Lurquin, os segundos colocados. Al-Rajhi e Orr ocupam a terceira posição, sendo seguidos por Przygonski e Gottschalk. Terranova e Oliveras fecham o top-5. Gastaldi e Sachs aparecem no 36º lugar.

Kamaz faz a quadra nos caminhões

Os russos da Kamaz voltaram a dominar completamente as ações nos caminhões, ficando com as quatro primeiras posições. Dmitry Sotnikov, Ruslan Akhmadeev e Ilgiz Akhmetzianov venceram o estágio ao marcarem 3h56min42s, ficando 3min11s à frente de Andrey Karginov, Andrey Mokeev e Ivan Malkov, os segundos colocados.

Eduard Nikolaev, Evgenii Iakovlev e Vladimir Ribakov acabaram a especial na terceira colocação, ficando imediatamente à frente de Anton Shibalov, Dmitrii Nikitin e Ivan Tatarinov. “Melhores do resto”, Ignacio Casale, Álvaro Leon e Tomas Sikola, com um Tatra, completaram a lista dos cinco melhores do dia nos caminhões.

Dmitry Sotnikov, Ruslan Akhmadeev e Ilgiz Akhmetzianov seguem na liderança do Dakar, agora com 30h02min36s, aparecendo 11min26s à frente de Eduard Nikolaev, Evgenii Iakovlev e Vladimir Ribakov. Anton Shibalov, Dmitrii Nikitin e Ivan Tatarinov fecham a lista dos três primeiros colocados.

Dakar parte para mais uma etapa laço

A maior prova fora de estrada do planeta terá mais uma etapa laço, quando a largada e a chegada ocorrem no mesmo lugar, no caso, Wadi Ad Dawasir. Serão 287 quilômetros cronometrados, sendo 491 quilômetros totais.

Comentários