Card image
Competições
Branch vence especial nas Motos. Sunderland lidera

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 06/01/2020
  • Atualizado: 06/01/2020 às 13:47
  • Por: Leonardo Marson

Ross Branch foi o vencedor da segunda especial do Rally Dakar entre os competidores das motos. O piloto nascido em Botsuana e que corre com uma KTM completou os 393 quilômetros cronometrados desta segunda-feira (6), entre as cidades de Al Wajh e Neom, na Arábia Saudita, em 3h39min10s, faturando a primeira vitória em estágio na atual edição da mais importante prova fora de estrada do planeta.

Dakar
Botsuano venceu uma especial pela primeira vez na carreira. (Foto: KTM)

O botsuano foi seguido por Sam Sunderland, que também com uma KTM terminou o dia 1min24s atrasado em relação a Branch. Pablo Quintanilla, que corre com uma Husqvarna, fechou o dia com a terceira colocação, sendo seguido por dois pilotos argentinos: Kevin Benavides, quarto com uma Honda, e Luciano Benavides, que fechou a lista dos cinco primeiros com uma KTM.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Joan Barreda Bort, espanhol que corre com uma Honda, terminou o dia com o sexto melhor tempo, sendo seguido por José Ignácio Cornejo Flormino, também piloto da Honda. Mathias Walkner, com uma KTM, fechou a segunda-feira com o oitavo lugar, ficando à frente de Xavier de Soultrait, nono mais rápido com uma Yamaha. Andrew Short, da Husqvarna, completou o grupo dos dez melhores.

LEIA MAIS:
Toby Price vence especial equilibrada nas motos
Conheça o trajeto da edição deste ano do Rally Dakar

Vencedor da primeira especial do Dakar no último domingo, Toby Price teve um desempenho mais discreto nesta segunda-feira, terminando apenas na 15ª colocação, distante 12min13s de Branch. Já Lincoln Berrocal, único brasileiro na disputa da mais importante prova fora de estrada do planeta nas motos, completou o dia na 98ª posição, com o tempo de 5h05min04s.

Após a realização de duas especiais, a liderança do Dakar nas motos é de Sunderland, que tem um acumulado de 7h05min22, marca 1min18s melhor em relação ao segundo colocado, Quintanilla. Kevin Benavides aparece em terceiro, logo à frente de Walkner. Ricky Brabec, que terminou apenas na 11ª posição a especial desta segunda-feira, aparece em quinto. Berrocal ocupa a 89ª posição.

O Dakar segue nesta terça-feira (7), quando a caravana realizará uma etapa “laço”, com largada e chegada em Neom. Serão 504 quilômetros cronometrados.