Card image
Competições
Brabec vence especial e segue lider do Dakar nas Motos

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 10/01/2020
  • Atualizado: 10/01/2020 às 17:40
  • Por: Leonardo Marson

Ricky Brabec venceu nesta sexta-feira (10) a sexta especial do Rally Dakar entre os competidores das Motos. O americano, líder da mais importante prova fora de estrada do planeta e piloto da Honda, completou os 477 quilômetros do estágio realizado entre as cidades de Ha’il e Riad, na Arábia Saudita, em 4h36min28s, triunfando pela segunda vez nesta edição.

Ricky Brabec
Brabec lidera o Dakar com metade da prova percorrida. (Foto: Dakar)

A segunda posição ficou com outro piloto da Honda, Joan Barreda Bort, espanhol que chegou com um atraso de 1min34s em relação a Brabec. Matthias Walkner, com uma KTM, ficou com o terceiro lugar do dia, sendo seguido por Pablo Quintanilla, quarto com uma moto Husqvarna. Luciano Benavides, com uma KTM, fechou a lista dos cinco primeiros.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

José Ignacio Cornejo Florimo completou o dia com a sexta colocação com uma Honda, ficando à frente de Franco Caimi, argentino que figurou entre os dez primeiros pela primeira vez nesta edição do Dakar com uma Yamaha. Paulo Gonçalves, com uma Hero, foi o oitavo melhor, enquanto Stefan Svitko, com uma KTM, foi o nono. Skyler Howes, com uma Husqvarna, fechou a lista dos dez primeiros.

LEIA MAIS:
Price vence especial nas Motos; Brabec mantém liderança
Cornejo fatura especial, mas Brabec segue líder nas Motos
Brabec puxa 1-2-3 da Honda e assume liderança nas Motos
Branch vence especial nas Motos. Sunderland lidera

Após a disputa da especial desta sexta-feira, Brabec segue na liderança do Dakar, tendo agora 23h43min47s acumulados, tempo 20min56s melhor em relação a Quintanilla, o segundo colocado. Toby Price aparece em terceiro, sendo seguido por Cornejo Florimo. O grupo dos cinco primeiros ainda conta com Barreda Bort. Lincoln Berrocal, único brasileiro na prova, é o 71º colocado, depois de terminar a especial do dia nesta mesma posição.

Neste sábado (11) não haverá especial, então os competidores seguirão com a disputa do Dakar no domingo, quando a caravana deixa a capital saudita em direção a Wadi Al Dawasir, em um percurso total de 741 quilômetros, sendo 546 deles cronometrados.