Card image
Notícias
Barreda vence pela terceira vez nas motos; Price lidera

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 08/01/2021
  • Atualizado: 08/01/2021 às 11:28
  • Por: Leonardo Marson

O espanhol Joan Barreda Bort venceu a sexta especial do Rally Dakar, mais importante prova off road do mundo. No estágio disputado nesta sexta-feira (8) entre as cidades de Al Qaisumah e Ha’il, na Arábia Saudita, o piloto da Honda completou os 448 quilômetros cronometrados em 3h45min27s, vencendo uma etapa pela terceira vez nesta edição.

Joan Barreda
Barreda venceu pela terceira vez uma especial neste Dakar. (Foto: Honda)

Ross Branch, piloto da Yamaha, acabou a especial com a segunda posição, apenas 13 segundos atrasado em relação a Barreda. O botsuano foi seguido por Daniel Sanders, terceiro com uma KTM. O grupo dos cinco melhores desta sexta-feira ainda contou com Ricky Brabec, da Honda, e Matthias Walkner, da KTM.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Adrien van Beveren, que corre com uma Yamaha, acabou o estágio com o sexto lugar, enquanto Toby Price, da KTM, foi o sétimo melhor do dia. Joaquim Rodrigues, português da Hero, acaboi com a oitava posição, ficando à frente de Sam Sunderland, da KTM. Pablo Quintanilla, chileno da Husqvarna, completou a lista dos dez primeiros.

LEIA MAIS:

Kevin Benavides vence especial e vira líder do Dakar nas motos
Barreda vence quarta especial; De Soultrait lidera nas motos
Price vence terceira especial, e Howes vira líder nas motos
Barreda vence segunda especial e vira líder nas motos

Depois da disputa de seis especiais, Toby Price reassumiu a liderança do Dakar, agora com 24h08min03s acumulados. Kevin Benavides, que terminou a especial apenas na 17ª posição, é o segundo, distante 2min16s do líder. José Ignácio Cornejo é o terceiro, seguido por Ross Branch. Xavier de Soultrait fecha a lista dos cinco melhores.

O sábado (9) será o dia de descanso da caravana do Dakar, que só volta à estrada no domingo, quando os competidores deixam Ha’il e seguem em direção a Sakaka, em um percurso total de 737 quilômetros. Serão 471 quilômetros cronometrados.