Card image
Notícias
Al-Rajhi vence na abertura da segunda semana do Dakar

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 10/01/2021
  • Atualizado: 10/01/2021 às 14:15
  • Por: Leonardo Marson

Yazeed Al-Rajhi e Dirk von Zitzewitz venceram neste domingo (10) a sétima especial do Rally Dakar entre os competidores dos carros. O saudita e o alemão, que conduzem um Toyota, completaram a especial de 453 quilômetros entre as cidades de Ha’il e Sakaka, na Arábia Saudita, em 4h21min59s, triunfando pela primeira vez nesta edição da mais importante prova fora de estrada do planeta.

Yazeed Al-Rajhi
Al-Rajhi venceu pela primeira vez na edição deste ano. (Foto: Eric Vargiolu)

Líderes do Dakar, Stéphane Peterhansel e Edouard Boulanger ficaram com a segunda posição da especial com um Mini, terminando 48 segundos atrás dos vencedores depois de liderarem a maior parte da especial. Carlos Sainz e Lucas Cruz, com outro Mini, foram os terceiros, enquanto Nasser Al-Attiyha e Matthieu Baumel, com um Toyota foram os quartos. Jakub Przygonski e Timo Gottschalk, também com um Toyota, fecharam o top-5.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Outro saudita, Yasir Seaidan, junto de Alexey Kuzmich, foram os sextos com um Century, chegando à frente de Cyril Despres e Michael Horn, sétimos com um Peugeot. Matthieu Serradori e Fabien Lurquin, também com um Century, acabaram com a oitava posição, sendo seguidos por Vladimir Vasilyev e Dmitro Tsyro, com um Mini. O grupo dos dez melhores foi completado por Nani Roma e Alexandre Winocq, da Prodrive.

LEIA MAIS:

Sainz e Cruz vencem sexta especial do Dakar nos carros
De Villiers vence pela primeira vez uma especial no Dakar 2021
Al-Attiyah vence especial, mas Peterhansel lidera nos carros
Al-Attiyah vence novamente e se aproxima de Peterhansel

Os brasileiros tiveram desempenhos distintos neste domingo. Marcelo Gastaldi e Lourival Roldan, dupla que compete com um Century, fechou a especial em 19º, distante 40min37s dos vencedores. Já Guiga Spinelli e Youssef Haddad enfrentaram problemas com o Mini durante a especial, e completaram apenas na 40ª posição, 1h29min10s atrasados em relação a Al-Rajhi e Von Zitzewitz.

Depois de sete especiais, a liderança do Dakar é de Peterhansel e Boulanger, com 26h36min50s. Al-Attiyah e Baumel são os segundos, distantes 7min53s dos líderes. Sainz e Cruz seguem em terceiro, seguidos por Przygonski e Gottschalk. O grupo dos cinco primeiros tem ainda Roma e Winocq. Gastaldi e Roldan são os 15º, enquanto Spinelli e Haddad agora aparecem em 16º.

A próxima especial do Dakar acontece nesta segunda-feira (11), quando os competidores deixarão Sakaka e seguirão em direção a Neom. Serão 709 quilômetros totais, e 375 quilômetros de trecho cronometrado.