Card image
Competições
Porsche: Hellmeister e Seripieri são campeões de Endurance

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 30/11/2019
  • Atualizado: 30/11/2019 às 19:22
  • Por: Leonardo Marson

Alan Hellmeister e Luca Seripieri conquistaram neste sábado (30) o título do Porsche Endurance Series, resultado obtido após a dupla terminar a última etapa do campeonato, uma corrida de 500 quilômetros disputada no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), na quarta posição. Pela classe 3.8, o título da temporada ficou com Leonardo Sanchez e Átila Abreu, 13º colocados gerais.

Porsche
Hellmeister e Seripieri confirmaram o título do campeonato de corridas longas da Porsche Cup neste sábado. (Foto: Luca Bassani)

A vitória geral da prova, que teve quase quatro horas de duração, ficou com Vitor Baptista e Filipe Albuquerque. A dupla largou da última posição após a roda se soltar na volta de apresentação, mas escalou o pelotão durante a prova de 500 quilômetros, se colocando na liderança após a segunda hora de corrida. Na parte final, com Baptista ao volante, foi preciso apenas controlar a distância para os rivais para vencer a prova.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

A segunda posição ficou com a dupla formada por Werner Neugebauer e Ricardo Zonta, que terminaram a prova distantes 11s062 segundos de Baptista e Albuquerque. Alceu Feldmann e Gabriel Casagrande completaram a prova na terceira posição, sendo seguidos por Hellmeister e Seripieri. Pedro Aguiar e Guilherme Salas completaram o grupo dos cinco primeiros.

LEIA MAIS:
Guerrieri e Baptista faturam a pole do Porsche Endurance em SP

Cacá Bueno e Sylvio de Barros fecharam a prova com o sexto lugar, sendo seguidos por Denis Dirani e Carlos Ambrosio. Miguel Paludo e Justin Allgaier completaram a corrida na oitava colocação, enquanto Ricardo Baptista e Lucas di Grassi, que enfrentaram problemas logo na segunda volta, terminaram em nono. Depois de largarem da pole position, Esteban Guerrieri e Felipe Baptista foram os décimos.

Pela classe 3.8, a vitória ficou com Maurizio Billi, Marco Billi e Gaetano di Mauro, que cruzaram a linha de chegada na 13ª posição geral. William Freire e Chico Horta terminaram na segunda posição, enquanto Sanchez e Abreu ficaram com o terceiro lugar. Paulo Totaro e Renan Guerra ficaram com o quarto lugar, terminando logo à frente de Zeca Feffer e Cesar Ramos.

A corrida foi das mais equilibradas, com os seis primeiros colocados terminando na mesma volta ao final das 117 voltas de disputa. Apesar de alguns incidentes, como a batida entre Adalberto Baptista e Felipe Fraga, o Safety Car não precisou ser acionado em momento nenhum.