Card image
Competições
Felipe Baptista segura Enzo Elias e vence na Porsche Cup 3.8

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 21/09/2019
  • Atualizado: 21/09/2019 às 12:25
  • Por: Leonardo Marson

Felipe Baptista venceu na manhã deste sábado (21) a primeira corrida da quinta etapa da classe 3.8 do campeonato de corridas sprint da Porsche Cup, disputada no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). O piloto do Porsche número 121, que havia vencido a corrida de sexta-feira, tomou a liderança ainda nos metros iniciais ao superar Enzo Elias, e manteve a liderança ao longo de toda a prova, sempre pressionado por Elias. É o quarto triunfo em nove corridas na temporada.

Felipe Baptista
Felipe Baptista venceu quatro das nove provas da temporada. (Foto: Luca Bassani)

A segunda posição terminou justamente com Elias, que terminou a prova apenas 0s225 atrás de Baptista, enquanto Matheus Iorio, que também se colocou na disputa pela vitória, terminou a corrida na terceira colocação. Lucas Salles terminou com a quarta posição e garantiu a vitória na classe GT3, depois de superar Fran Lara na parte final da prova, relegando o rival ao segundo lugar da divisão e ao quinto posto geral.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Márcio Mauro finalizou a corrida na sexta colocação, terminando a corrida logo à frente de Nelson Monteiro e Zeca Feffer, sétimo e oitavo colocados, respectivamente. A nona posição acabou nas mãos de Marcelo Tomasoni, que se envolveu em um incidente com Marco Billi, mas se recuperou. Situação semelhante teve Cesar Urnhani, que escapou da pista, se recuperou, terminando em décimo.

LEIA MAIS:
Felipe Baptista vence e vira líder da classe 3.8 da Porsche Cup

Após a disputa da primeira corrida do dia, Felipe Baptista ampliou a liderança do campeonato, e agora soma 168 pontos, oito a mais em relação ao segundo colocado, Enzo Elias, que aparece com 160. Matheus Iorio é o terceiro com 132, e é seguido por Marcelo Tomasoni, quarto com 104. O grupo dos cinco primeiros ainda conta com Fran Lara, que tem 88.

A segunda corrida da classe 3.8 da Porsche Cup em Interlagos acontece ainda neste sábado, a partir das 14h, com transmissão do Sportv e dos canais da categoria no YouTube e no Facebook.

Confira como foi a corrida

A largada teve Felipe Baptista atacando Enzo Elias para tomar a primeira posição Os dois se mantiveram lado a lado até o final da reta dos boxes, com Matheus Iorio, o terceiro colocado, buscando a liderança também. Quem levou vantagem foi Baptista, que tomou a liderança, seguido por Elias e Iorio. Mais atrás, Ayman Darwich rodou, e levou no mesmo lance Paulo Totaro e Urubatan Júnior, forçando a entrada do Safety Car.

A relargada aconteceu na abertura da quarta volta, com Elias pressionando Baptista pela liderança da prova, enquanto Iorio seguia próximo dos dois. Um pouco mais atrás, Fran Lara, o quarto colocado, tinha Lucas Salles próximo. Na quinta volta, Marco Billi e Marcelo Tomasoni se tocaram e rodaram, perdendo posições e provocando a segunda entrada do Safety Car na prova.

A prova recomeçou na sexta volta, com os três primeiros rapidamente desgarrando do resto do pelotão. No S do Senna, Eduardo Menossi rodou, retornando à pista rapidamente. Na oitava volta, Leonardo Sanchez acabou tocado por Ramon Alcaraz, e os dois rodaram, sendo obrigados a visitar os boxes logo na sequência. Mesmo com o incidente, a corrida seguiu em bandeira verde.

Cesar Urnhani foi outro a escapar da pista, este, na décima volta. Na frente, Baptista seguia pressionado por Elias em disputa pela vitória, enquanto Iorio se mantinha próximo, mas sem pressionar os dois primeiros colocados. Salles, por sua vez, abriu ataque contra Lara dois giros depois, conseguindo a ultrapassagem para tomar a quarta colocação em Interlagos.

Elias abriu ataque sobre Baptista restando duas voltas para o final da corrida, tentando tomar a linha de dentro no final da reta dos boxes, mas sem conseguir manter esta posição na entrada do S do Senna. A pressão seguiu na volta final, com o dono do Porsche número 73 buscando a ultrapassagem sobre o rival apoiado pela Shell até os metros finais, sem sucesso. Melhor para Baptista, que venceu pela segunda vez no final de semana.