Card image
Notícias
Dono de duas vitórias na F4 Brasil, Pedro Clerot é o Piloto da Semana

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 17/05/2022
  • Atualizado: 17/05/2022 às 9:20
  • Por: Leonardo Marson

Pedro Clerot teve um desempenho arrebatador na etapa inaugural da F4 Brasil, mais nova categoria do automobilismo nacional. O piloto, que defende a equipe Full Time, venceu duas das três corridas da primeira rodada tripla da temporada, disputada no último final de semana no Velocitta, autódromo localizado em Mogi Guaçu (SP).

Pedro Clerot
Clerot venceu duas das três corridas da F4 Brasil no Velocitta

Para correr na categoria nacional, Clerot teve uma grande preparação: se dedicou ao kart e disputou a pré-temporada e a primeira etapa da F4 Italiana, campeonato considerado o mais forte do planeta nesta divisão. Isso se refletiu na pista, com o domínio da rodada tripla no interior paulista e a consequente liderança do campeonato.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

Clerot liderou um dos treinos livres e largou da pole position na primeira prova, da qual venceu de ponta a ponta. Na segunda prova do final de semana, o piloto partiu da oitava posição, por conta da inversão do grid, e terminou em quarto. Já no domingo, o representante da Full Time superou Lucas Staico na primeira volta e venceu novamente.

LEIA MAIS:

Fórmula 4 é realidade no Brasil e dá a largada para a temporada 2022

“Nós nos preparamos muito bem para esse final de semana. Gostaria de agradecer a Deus, minha equipe, meus pais, meus patrocinadores. Sem eles eu não poderia conseguir esses resultados. Somos líderes do campeonato com uma margem incrível, mas ainda há muitas corridas pela frente e vamos atrás de mais conquistas”, disse Clerot.

Por conta do adiamento da etapa de Brasília, o próximo desafio de Pedro Clerot e dos pilotos da F4 Brasil será o Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), nos dias 30 e 31 de julho.

Comentários