Card image
Nascar
Truex Jr. acerta estratégia e vence em Watkins Glen

5 Minutos de leitura

  • Publicado: 06/08/2017
  • Atualizado: 06/08/2017 às 18:56
  • Por: Leonardo Marson
Truex Jr. economizou combustível nas voltas finais e venceu pela quarta vez na temporada. (Foto: Getty Images)

Martin Truex Jr. venceu a etapa de Watkins Glen da Monster Energy Nascar Cup Series, realizada neste domingo (6) no circuito misto localizado na região de Nova York. O piloto da Furniture Row liderou 24 das 90 voltas, mas precisou economizar combustível nas voltas finais da corrida, capitalizando sua quarta vitória na temporada.

A segunda colocação ficou com Matt Kenseth, piloto da Joe Gibbs que pressionou Truex Jr. nos momentos finais, sem conseguir a ultrapassagem. Daniel Suárez, companheiro de Kenseth e vencedor do segundo segmento da prova, completou a corrida em terceiro, seguido por Denny Hamlin, com outro carro da Joe Gibbs. Clint Bowyer, da Stewart-Haas, fechou o top-5.

Kurt Busch, com outro Ford da Stewart-Haas, foi o sexto, seguido por Kyle Busch, vencedor do primeiro segmento com o carro da Joe Gibbs, após enfrentar problemas ao longo da corrida. Ryan Blaney foi o oitavo com o carro da Wood Brothers, enquanto AJ Allmendinger foi o nono com o carro da JTG Daugherty. Erik Jones fechou o top-10 com outro carro da Furniture Row.

A Monster Energy Nascar Cup Series terá prosseguimento no próximo domingo (13), com a realização da etapa de Michigan.

Confira como foi a corrida

Largando da pole position, Kyle Busch manteve a primeira posição nos metros iniciais da corrida, enquanto Kyle Larson apareceu em segundo, logo à frente de Martin Truex Jr.. O grupo dos cinco melhores ainda contava com Chase Elliott e Erik Jones. Pouco depois, Travor Bayne foi aos boxes com problemas em seu carro.

Sem conseguir acompanhar o ritmo de Kyle Busch, Larson passou a ser pressionado por Truex Jr., que conseguiu a ultrapassagem na segunda volta, assumindo a segunda posição. O piloto da Chip Ganassi logo passou a ser alvo dos ataques de Elliott, que só conseguiu superá-lo quatro giros mais tarde, mesmo tendo um carro mais veloz.

Com um ritmo muito forte, Kyle Busch seguiu na liderança da corrida, sempre ampliando a vantagem para Truex Jr.. Na décima volta, Brad Keselowski abriu temporada de caça sobre Erik Jones, que segurou os ataques do piloto da Penske até a volta 16, quando acabou superado. Pior que isso, o piloto da Furniture Row teve problemas em seu carro, despencando na classificação.

Daniel Suárez e Matt Kenseth fizeram a parada nos boxes na volta 18, a última de pit lane aberto antes do final do segmento. Na pista, Kyle Busch seguiu para uma vitória tranquila na primeira fase da corrida, encerrada na 20ª volta. O piloto do carro número 18 foi seguido por Martin Truex Jr., Chase Elliott, Kyle Larson e Brad Keselowski.

Após a parada dos boxes, Elliott assumiu a liderança da corrida, seguido por Larson, Jamie McMurray, Daniel Suárez e Jimmie Johnson. Kyle Busch teve uma parada lenta após uma suspeita de os mecânicos não respeitarem a regra de colocar cinco porcas em cada uma das rodas dos carros. Dale Earnhardt Jr. abandonou a prova com problemas mecânicos.

A relargada foi acionada na volta 25 com Larson atacando Elliott. O piloto da Chip Ganassi, porém, escapou da pista e caiu para a quarta posição. Na volta 28, o dono do #24 da Hendrick abriu 1s7 sobre McMurray, que passou a ser pressionado por Suárez. No giro seguinte, Larson e McMurray foram para os boxes, e o piloto do carro número 1 teve problemas na troca de um dos pneus.

Elliott fez sua troca de pneus e o reabastecimento na volta 32, cedendo a liderança da corrida para Suárez. Depois de relargar na 27ª posição, Kyle Busch já aparecia em 14º na volta 34. O segmento seguiu com Truex Jr. passando a pressionar Kenseth na volta 38, conseguindo a ultrapassagem alguns metros depois.

Truex Jr. tentou nas duas voltas finais vencer o segmento, mas viu o mexicano Suárez suportar a pressão e garantir a vitória na segunda fase da corrida, relegando o representante da Furniture Row ao segundo lugar. Kenseth, Ryan Blaney e Erik Jones completaram o grupo dos cinco melhores ao final da volta 40. Os cinco mantiveram suas posições após a parada nos boxes.

A prova recomeçou na volta 45, e Truex Jr. assumiu a liderança da prova ao superar Suárez. O mexicano também foi ultrapassado por Blaney, que pulou de quarto para segundo. Pouco depois, Kyle Busch e Brad Keselowski se tocaram e ambos rodaram. O piloto da Joe Gibbs foi aos boxes no mesmo giro para colocar quatro pneus, enquanto o representante da Penske parou na volta 50.

Truex Jr. ampliou sua vantagem sobre Blaney, mas Landon Cassill forçou a primeira bandeira amarela por acidente da corrida na volta 52 por conta de um pneu furado. Muitos pilotos foram aos boxes, e Kevin Harvick atingiu o carro de Brett Moffitt, que chegava aos boxes. Quem assumiu a liderança foi Brad Keselowski, após trocar pneus e reabastecer ainda na volta 50.

A relargada aconteceu na volta 55, com Keselowski mantendo a liderança, seguido por McMurray, que superou Clint Bowyer tão logo a bandeira verde foi acionada. Uma volta depois, Danica Patrick rodou após sofrer um toque de Kyle Busch, mas a corrida prosseguiu em bandeira verde. Os três primeiros passaram a abrir para os rivais.

A corrida mudou de figura a partir da volta 60, quando Martin Truex Jr. se aproximou dos primeiros colocados. Primeiro, o piloto da Furniture Row superou McMurray, que fora ultrapassado por Bowyer algumas curvas antes. Depois, o #78 passou pelo competidor da Stewart-Haas, assumindo o segundo posto.

Truex Jr. passou a atacar Keselowski, conseguindo a ultrapassagem na volta 61 para assumir a liderança da corrida. O piloto da Furniture Row rapidamente abriu vantagem sobre os rivais. Na volta 67, Kyle Busch passou a ocupar a oitava colocação da prova, após superar Chase Elliott. Duas voltas depois, Kyle Larson visitou os boxes para mais uma parada.

Vindo apenas na 18ª colocação, Joey Logano foi aos boxes na volta 76 para sua última troca de pneus e reabastecimento. Na passagem seguinte, Keselowski partiu para o ataque sobre Truex Jr. e retomou a liderança da prova. Os pilotos, porém, se preocupavam com o consumo de combustível para a parte final da corrida.

Kyle Busch assumiu a sétima posição na volta 81 ao superar McMurray. Na passagem seguinte, Kasey Kahne e Chase Elliott fizeram seus pit stops. Ryan Blaney superou Truex Jr. para assumir a segunda posição restando oito voltas para o final da corrida. Na volta 84, Kyle Busch avançou ao quarto lugar, ao passar por Clint Bowyer, mas teve que ir aos boxes pouco depois.

Keselwoski ampliou sua vantagem para 6s5, mas teve que visitar os boxes restando três giros para o final da corrida. O piloto da Penske ainda foi punido por excesso de velocidade nos boxes. Ryan Blaney foi aos boxes na passagem seguinte, cedendo a primeira colocação a Truex Jr., que passou a ser pressionado por Matt Kenseth.

O piloto da Joe Gibbs se aproximou muito de Truex Jr. no giro final, e viu o dono do Toyota 78 fritar os pneus. Ainda assim, o competidor da Furniture Row seguiu para vencer a corrida.

Foto: Getty Images