Card image
MotoGP
Suzuki deve deixar MotoGP após temporada 2022

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 02/05/2022
  • Atualizado: 02/05/2022 às 18:00
  • Por: Ana Oliveira

A temporada 2022 deve ser a última da Suzuki na MotoGP, segundo apurou a Autosport. A fabricante japonesa havia voltado para a categoria rainha em 2015 após quatro anos fora por dificuldades financeiras. Agora, a situação volta a se repetir e a decisão deve ser comunicada oficialmente em breve.

Mir quebrou jejum de 20 anos da Suzuki em títulos mundiais. Foto: MotoGP

Segundo a apuração feita pela Autosport, os chefes da Suzuki comunicaram os funcionários da equipe de MotoGP nesta segunda-feira (2). O anúncio teria deixado os membros em choque. Ainda não se sabe o futuro de Joan Mir e Álex Rins.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

O último título mundial da Suzuki aconteceu em 2020, com Mir. A equipe não vencia um mundial há 20 anos. Desde então, o time vem sofrendo com a saída de David Brivio em 2021, que por muito tempo foi chefe da equipe. Ele optou por comandar a Alpine na Fórmula 1.

LEIA MAIS:
Jorge Lorenzo entra para o Hall da Fama da MotoGP
Valentino Rossi vence prêmio Laureus como Ícone Esportivo

Shinichi Sahara, líder de projetos, assumiu o papel de chefe de equipe, mas admitiu que a responsabilidade do cargo era muito grande e chamou Livio Suppo, ex-Honda e Ducati. Porém, os planos parecem não ir para frente, já que a Suzuki deve anunciar sua saída a qualquer momento.

Comentários