Card image
Notícias
Reinaldo Varela celebra “começo legal” no Dakar 2019

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 07/01/2019
  • Atualizado: 07/01/2019 às 23:19
  • Por: Leonardo Marson

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin começaram da melhor maneira possível a luta pelo bicampeonato do Rally Dakar nos UTVs. Nesta segunda-feira (7), os brasileiros venceram a especial que abriu a 41 edição da prova, realizada entre Lima e Pisco, no Peru.

LEIA MAIS:
Time de Nikolaev vence especial do Dakar nos caminhões
Varela e Gugelmin estreiam com vitória nos UTVs
Al-Attiyah bate Sainz e vence primeira especial nos carros
Cavigliasso abre disputa nos quadriciclos com vitória
Barreda Bort vence primeira especial nas motos

A dupla corre com um UTV Can-Am, e completou o estágio inicial da mais importante prova fora de estrada do planeta em 1h11min34s, fechando 84 quilômetros. O tempo foi 1min27s melhir em relação aos segundos colocados, López Contardo e Leon Quintanilla.

A especial foi disputada debaixo de um fortíssimo calor em solo peruano. Para Varela, que disputa provas fora de estrada desde 1982, o estágio foi importante para que todos entendam como será a disputa do Dakar neste ano.

“Foi um dia bem prazeroso de andar, com dunas pequenas. Foi um começo bem legal para todo mundo se acostumar com o trajeto”, comentou Varela, que tem no currículo o título mundial de cross-country da categoria T2, obtido em 2012.

“Isso é muito bom e mostrou que estamos em forma”, completou Gugelmin, destacando que o período de preparação, que envolveu a disputa do Rally dos Sertões nos UTVs, no último mês de setembro, foi importante para a disputa em terras peruanas.

Varela e Gugelmin se preparam agora para a segunda especial do Dakar, marcada para esta terça-feira (8) entre as cidades de Pisco e San Juan de Marcona. O percurso total terá 554 quilômetros, enquanto a especial será de 342 quilômetros.

Foto: André Chaco