Card image
Notícias
Oliveira deixa a Nissan e encerra passagem pelo Super GT

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 04/01/2019
  • Atualizado: 04/01/2019 às 10:23
  • Por: Leonardo Marson

João Paulo de Oliveira e Nissan não estão mais juntos. O piloto anunciou nessa quinta-feira (3), via Instagram, o rompimento de seu vínculo com a montadora japonesa, da qual defendia no Super GT, principal campeonato do automobilismo do Japão. A ligação do brasileiro com a fabricante durava 13 anos.

Oliveira chegou a Nissan em 2006, após ser campeão japonês de Fórmula 3, e defendeu três equipes ligadas à montadora: Hasemi, Kondo e Impul. Durante este período, foram nove vitórias na principal divisão do Super GT, a GT500, e um vice-campeonato, obtido em 2015 ao lado de Hironubu Yasuda.

O vínculo de Oliveira com a Nissan fez também com que o brasileiro disputasse entre 2007 e 2016 a Super Fórmula, categoria de monopostos da qual se sagrou campeão em 2010. Desde o ano passado, a Nissan não possui mais participação direta no campeonato.

O piloto deixou claro ainda que não possui nenhuma negociação em andamento para a temporada de 2019, tornando a situação, nas palavras de Oliveira, fora da situação ideal.

Confira a nota emitida por Oliveira:

Após 13 anos correndo pela Nissan na maior categoria do Japão, o Super GT, chegou a hora de encerrar o capítulo. Tantas memórias boas e amizades que levarei comigo a vida toda. Ficam as boas recordações e agora o foco é total no próximo capítulo.

2019 já começou e ainda não tenho notícias do que estarei fazendo. Não é uma posição ideal, pois já estamos em começo de ano, mas sigo otimista e motivado. Desafios sempre acendem um fogo dentro de mim e não me sentia assim há um tempo. Estou ansioso para iniciar um novo capítulo e confiante de que posso fazer a diferença onde quer que eu vá.

Para todos meus amigos e aqueles que apoiam, muito obrigado por estarem sempre ao meu lado. Como muitos de vocês sabem, trabalho de forma quieta e longe de ser centro das atenções. Vou seguir trabalhando firme e espero trazer boas notícias em breve.

Foto: Facebook João Paulo de Oliveira