Card image
Notícias
MCR de Leandro Totti vence as 1000 Milhas do Brasil

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 24/01/2021
  • Atualizado: 24/01/2021 às 21:47
  • Por: Leonardo Marson

O quinteto formado por Leandro Totti, José Vilela, Leo Yoshi, Guga Ghizo e Eduardo Pimenta venceu neste domingo (24) as 1000 Milhas do Brasil, disputada no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). O time, que conduziu um MCR preparado pela LT Racing Team, tomou a liderança da prova na sexta hora de corrida, e não saiu mais da primeira posição, faturando a vitória.

1000 Milhas do Brasil
LT Racing Team “unifica” títulos das 1000 Milhas do Brasil e dos 500 Km de Interlagos. (Foto: Rodrigo Ruiz)

A primeira posição veio no momento em que uma forte chuva atingiu a região do autódromo paulistano. A partir daí, o time do MCR número 73 passou a controlar a vantagem, completando 291 voltas ao final das dez horas de corrida, que tinha percurso total de 373 voltas. O time ainda se coloca na história das provas longas paulistas, já que, em dezembro passado, venceu os 500 Km de Interlagos.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

A segunda posição ficou com o protótipo R1 da Guerra Motorsport, de Leandro Guerra, Rodrigo di Conti e Marcelo Camacho, que acabaram quatro voltas atrás dos vencedores. Robbi Pérez, José Córdova, Juliano Moro e Maurizio Salas ficaram com a terceira colocação com um Ralt Hayabusa, distante 14 voltas do MCR vencedor da prova desta tarde.

LEIA MAIS:

Ogier vence mais três especiais e fatura o Rally de Monte Carlo

Caio Lacerda, Giovani Almeida e Humberto Guerra Jr. ficaram com a quarta posição com um Aldee, depois de abrirem a hora final na quinta posição. O grupo dos cinco primeiros foi completado por Otávio Carmacio, Rafael Kasai, Maurício Árias e Vinícius Salva, quintos colocados com um protótipo Vectra Stock Car.

A corrida contou com um aumento significativo em seu grid. Dos 14 carros do ano passado, a prova deste ano contou com um total de 25 carros.