Card image
MotoGP
Lenda do motociclismo, Ángel Nieto morre aos 70 anos

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 03/08/2017
  • Atualizado: 03/08/2017 às 17:27
  • Por: Leonardo Marson
Nieto tinha 70 anos e deixou três filhos. (Foto: MotoGP)

Um dos grandes nomes da história do motociclismo mundial, Ángel Nieto morreu na tarde desta quinta-feira (3), depois de sucumbir às lesões sofridas no cérebro após um acidente sofrido no último dia 26 de julho, quando um carro atingiu o quadriciclo que dirigia. Na ocasião, o 13 vezes campeão do mundo foi atingido na cabeça após ser jogado de seu veículo na colisão ocorrida em Ibiza.

Desde então, Nieto foi esteve internado na Policlínica Nuestra Señora del Rosario, ficando em estado de coma induzido desde então. Os médicos anunciaram nesta semana o início dos procedimentos para acordar o ex-piloto, mas nesta manhã o estado do espanhol piorou, provocando um edema cerebral, e passou por uma craniotomia descompressiva que não deu resultado. Ángel teve a morte anunciada no início da noite na Espanha.

Nieto conquistou 13 títulos mundiais, sendo seis deles na 50cc e sete na 125cc. (Foto: MotoGP)

Nieto foi o primeiro espanhol a competir no Mundial de Motovelocidade, e conquistou 13 títulos mundiais nas categorias 50cc e 125cc. Por ser supersticioso, o piloto sempre se referiu ao número de suas conquistas como 12+1. Para chegar neste número, o piloto venceu 90 corridas e alcançou o pódio em 139 oportunidades, número superado apenas por Giacomo Agostini e Valentino Rossi.

“A comunidade da MotoGP estende suas mais profundas condolências à família e aos amigos de Nieto enquanto nos despedimos de um verdadeiro gigante na história do motociclismo de quem sentiremos muita falta”, divulgou através de nota publicada em seu site a MotoGP.

Ángel Nieto tinha 70 anos e deixa três filhos.

Foto: MotoGP

Comentários