Card image
Notícias
Dakar: Walkner triunfa nas motos, e Barreda Bort segue líder

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 08/01/2019
  • Atualizado: 08/01/2019 às 18:21
  • Por: Leonardo Marson

Matthias Walkner venceu nesta terça-feira (8) a segunda especial do Rally Dakar, disputada entre as cidades peruanas de Pisco e San Juan de Marcona. Correndo com uma KTM, o austríaco travou uma batalha com Ricky Brabec, piloto da Honda, e acabou levando a melhor ao completar os 342 quilômetros do estágio em 3h23min57s, depois de tomar a liderança da prova após o oitavo e último waypoint.

LEIA MAIS:
Loeb vence especial do Dakar. De Villiers lidera nos carros
Dakar: chilenos vencem etapa nos UTVs. Brasileiros lideram

Brabec teve que se contentar com a segunda colocação ao final do dia, 22 segundos atrás do tempo de Walkner. Vencedor da primeira especial desta edição do Dakar, Joan Barreda Bort foi o terceiro melhor nesta terça-feira com uma Honda, e foi seguido por Toby Price, australiano que corre com uma KTM. O grupo dos cinco melhores ainda contou com Pablo Quintanilla, chileno da Husqvarna.

Outro piloto da KTM, Sam Sunderland terminou o dia com o sexto melhor tempo, sendo seguido por Adrien van Beveren, francês que corre com uma Yamaha. Kevin Benavides levou sua Honda a oitava posição, enquanto Andrew Short, correndo com uma Husqvarna, foi o nono. A lista dos dez melhores do dia ainda teve Juan Cornejo Florimo, da Honda. Até às 18h10, pelo horário de Brasília, Lincoln Berrocal e Marcos Colvero não haviam terminado a especial.

Após a realização da segunda especial, Barreda Bort segue na liderança do Dakar, agora com 4h23min14s, marca 1min31s melhor em relação ao segundo colocado, Walkner. Brabec aparece em terceiro com um atraso de 1min33s, enquanto Quintanilla é o quarto melhor. O grupo dos cinco melhores no resultado acumulado é completado por Price.

Nesta quarta-feira, o Dakar parte de San Juan de Marcona para Arequipa, em um trajeto de 799 km, sendo 331 de trecho cronometrado.

Foto: Red Bull Content Pool