Card image
Notícias
Dakar: Nikolaev vence a segunda especial nos caminhões

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 09/01/2019
  • Atualizado: 09/01/2019 às 0:37
  • Por: Leonardo Marson

Os russos Eduard Nikolaev, Evgenii Iakolev e Vladimir Rybakov venceram a segunda especial entre os competidores dos caminhões do Rally Dakar 2019, disputada nessa terça-feira (8) entre as cidades de Pisco e San Juan de Marcona, no Peru. Com um equipamento Kamaz, o trio completou o percurso cronometrado de 342 quilômetros em 3h47min51s, garantindo o segundo triunfo em estágio nesta edição.

LEIA MAIS:
Alonso negocia teste com Toyota usado no Rally Dakar
Loeb vence especial do Dakar. De Villiers lidera nos carros
Walkner triunfa nas motos, e Barreda Bort segue na liderança
Dakar: chilenos vencem estapa nos UTVs. Brasileiros lideram
Cavigliasso vence especial nos quads e aumenta liderança

A segunda posição ficou com o holandês Gerard de Rooy, que ao lado de Darek Rodewald e Moisés Torrallardona, completou o percurso com um Iveco 2min39s atrás dos líderes. Outro trio russo da Kamaz, este formado por Dmitry Sotnikov, Dmitrii Nikitin e Ilnur Mustafin, ficou com a terceira posição.

Único trio sul-americano na prova dos caminhões, os argentinos Federico Villagra, Adrián Arturo Yacopini e Ricardo Adrián Torlaschi fecharam a especial na quarta posição com um Iveco. O grupo dos cinco melhores ainda contou com mais um trio da Rússia que conduz um Kamaz, este composto por Ayrat Mardeev, Dmitriy Svistunov e Akhmet Galiautdinov.

Após a realização da segunda especial, o trio comandado por Nikolaev lidera o Dakar, com um tempo acumulado de 4h56min56s, tempo 4min23s melhor em relação ao time de De Rooy. Villagra aparece na terceira posição, 7min23s atrasado, enquanto Sotnikov é o quarto. O top-5 ainda conta com Mardeev.

A caravana do Dakar deixa San Juan de Marcona nesta quarta-feira (9), e segue com destino a Arequipa, em uma distância total de quase 800 quilômetros (798), dos quais 331 valerão para a cronometragem.

Foto: Red Bull Content Pool