Card image
Competições
Brabec puxa 1-2-3 da Honda e assume liderança nas Motos

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 07/01/2020
  • Atualizado: 07/01/2020 às 15:49
  • Por: Leonardo Marson

Ricky Brabec venceu nesta terça-feira (7) a terceira especial do Rally Dakar entre os competidores das motos. O americano liderou uma trinca da Honda na etapa laço em Neom, na Arábia Saudita, completando os 427 quilômetros cronometrados do estágio em 3h29min31s. O resultado ainda rendeu ao americano da moto número 9 a liderança do mais importante rali do planeta.

Dakar
Brabec se tornou líder do Dakar com a vitória desta terça-feira. (Foto: Dakar)

José Ignácio Cornejo Florimo terminou a especial com a segunda colocação, distante 5min56s de Brabec, enquanto Kevin Benavides ficou com a terceira posição. Melhor piloto da KTM no dia, Matthias Walkner fechou a especial na quarta posição, sendo seguido por Toby Price, seu companheiro de equipe e vencedor do primeiro estágio da atual edição do Dakar.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Joan Barreda Bort fechou a especial desta terça-feira na sexta posição com uma Honda, enquanto Luciano Benavides, com uma KTM, completou o estágio em sétimo. Xavier de Soultrait, com uma Yamaha, ficou com a oitava posição, sendo seguido por Skyler Howes, piloto de uma Husqvarna. Adrién Metge, com uma Sherco, completou o grupo dos dez primeiros colocados.

LEIA MAIS:
Branch vence especial nas Motos. Sunderland lidera
Toby Price vence especial equilibrada nas motos
Conheça o trajeto da edição deste ano do Rally Dakar

O dia também foi marcado pelo abandono de Adrien van Beveren, que ainda no terceiro quilômetro da especial sofreu uma forte queda de sua Yamaha. O francês foi levado de helicóptero ao acampamento em Neom e, posteriormente, encaminhado ao hospital King Khalid com uma suspeita de fratura na clavícula. Já no quilômetro 58, Guillaume Cholet caiu e lesionou o quadril.

Após três especiais, Brabec acumula 10h39min04s, e lidera o Dakar, enquanto Kevin Benavides é o segundo colocado, 4min43s atrasado. Walkner aparece na terceira posição, enquanto Barreda Bort é o quarto. Cornejo Florimo fecha a lista dos cinco primeiros. Único brasileiro correndo nas motos, Lincoln Berrocal avançou para a 78ª posição, depois de terminar a especial desta terça-feira em 68º.

Nesta quarta-feira (8), os pilotos do Dakar deixam a cidade de Neom e seguem em direção a Al-’Ula, em um percurso total de 672 quilômetros, sendo 453 deles cronometrados.