Card image
Notícias
Brasileiros celebram título mundial de rali no Marrocos

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 09/10/2019
  • Atualizado: 09/10/2019 às 17:10
  • Por: Leonardo Marson

Os brasileiros Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin celebraram a conquista do título mundial de rali cross country, obtido nesta quarta-feira (9) no Marrocos. A dupla, que disputou o Mundial da categoria correndo na classe dos UTVs, precisava somar apenas mais dois pontos na prova realizada no norte da África, mas terminaram a 20ª edição do Rally do Marrocos à frente de Fedor Vorobyev e Kirill Shubin, garantindo o campeonato.

Marrocos
Varela e Gugelmin comemoram o tricampeonato de Rally Cross Country. (Foto: Marian Chytka)

O resultado representa o segundo título mundial da parceria entre Varela e Gugelmin. Juntos, eles venceram o Mundial de Rally Cross Country em 2012, na classe T2, que é disputada em carros. Em 2018, a dupla trocou os carros pelos UTVs, e sagrou-se campeã do Dakar, rali cross country mais importante do planeta. Reinaldo Varela chegou ao terceiro título do mundo.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

“Todo mundo apanhou muito nesse rally, que foi exigente demais. Os acidentes foram uma constante, por que tanto o roteiro quanto o trajeto foram radicais em termos de dificuldade. Mas se fosse fácil não teria o valor que tem”, disse Varela, destacando o alto grau de dificuldade da prova marroquina, que foi caracterizada pelo grande número de pedras e pelas dunas no deserto do Saara.

LEIA MAIS:
Varela e Gugelmin são campeões mundiais de rali nos UTVs

“Foi um rally para sobreviventes e equipes extremamente entrosadas e eficientes. O Gustavo foi sensacional, perfeito na navegação do começo ao fim – e isso teve um peso enorme, fez muita diferença pra gente. E o desempenho do nosso carro também foi impecável, sempre muito equilibrado e com respostas potentes em todas os momentos que precisamos. Enfim, a equipe está de parabéns, foi tudo perfeito”, completou Varela.

“Incrível como tudo foi dando certo com o passar dos dias. Logo no primeiro dia nós tomamos um susto pela falha de uma pecinha de conexão da ventoinha. Confesso que foi muito tenso, por que chegamos aqui para brigar pelo título e logo de cara aconteceu isso. Consertamos com a prova em andamento e chegamos em oitavo. Daí pra frente, fomos avançando e ganhando posições todos os dias, até consolidarmos hoje a vitória no rali”, disse Gugelmin.

Marrocos
Varela (à direita) comemora vitória ao lado de Gugelmin e do filho, Gabriel (ao centro). (Foto: Marian Chytka)

“Chegamos aqui precisando somente de dois pontos para o título, mas a gente sentiu que podia buscar mais e não desperdiçamos, vencendo dois dos cinco dias de competição. O Reinaldo foi muito eficiente e veloz, realmente é um piloto de um nível incrível. Mais do que feliz, fico honrado por ter um parceiro como ele. Especialmente por que sei que ainda vamos conquistar muita coisa juntos”, completou o navegador.

O próximo desafio de Varela e Gugelmin será o Rally Dakar, prova que acontece na Arábia Saudita, em janeiro de 2019.