Card image
Moto2
Arbolino vê Vietti e Canet caírem e vence na Moto2 em Austin

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 10/04/2022
  • Atualizado: 10/04/2022 às 14:31
  • Por: Ana Oliveira

Tony Arbolino foi o grande vencedor do GP das Américas da Moto2 neste domingo (10). O italiano conquistou a vitória no circuito de Austin após Celestino Vietti e Aron Canet caírem de suas motos, deixando terreno livre para Arbolino fincar os pés na liderança da prova.

Arbolino venceu GP das Américas da Moto2 após Vietti e Canet caírem. Foto: MotoGP

A corrida começou com o pole position Cameron Beaubier perdendo a posição para Vietti durante a largada. Em seguida, o americano não conseguiu manter o ritmo e caiu para o quarto lugar. Pedro Acosta largou bem e foi de décimo para o quarto lugar no início da primeira volta.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

Ainda durante a volta inicial, um acidente entre as curvas 12 e 14 deixou de fora da corrida os pilotos Gabriel Rodrigo, Fermín Aldeguer, Somkiat Chantra, Sam Lowes e Zonta Van Den Goorbergh. Nenhum deles sofreu lesões.

LEIA MAIS:
Daniel Serra vence primeira corrida da Stock Car no Galeão
Evans domina ruas de Roma e vence segunda corrida da F-E
Leclerc vence com facilidade GP da Austrália; Verstappen abandona

Durante a terceira volta, Canet alternou liderança com Vietti, que sofreu queda na volta seguinte. Com isso, Canet manteve o comando da prova durante mais algumas voltas, até que viu a chance de assumir a liderança do campeonato ir embora com a queda sofrida faltando 11 voltas para o fim. Foi então que Arbolino assumiu.

O fim da prova em Austin parecia encaminhado após Arbolino cruzar a linha de chegada, com Ai Ogura e Jake Dixon logo atrás. Beaubier vinha em quarto após se recuperar de uma oitava posição, mas acabou caindo. Com isso, Marcel Schrotter assumiu a quarta posição, seguido por Jorge Navarro.

Jeremy Alcoba foi o sexto colocado. Já Bo Bendsneyder finalizou na sétima posição, seguido pelo americano Joe Roberts. Augusto Fernandez e Barry Baltus encerram o top dez da prova realizada no Circuito das Américas.

Comentários