Card image
MotoGP
Quartararo dispara na frente e vence GP da Holanda de MotoGP

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 27/06/2021
  • Atualizado: 27/06/2021 às 9:49
  • Por: Leonardo Marson

Fabio Quartararo venceu neste domingo (27) o Grande Prêmio da Holanda, nona etapa da temporada da MotoGP. O piloto da Yamaha largou da segunda posição e tomou a liderança na sexta das 26 voltas disputadas no circuito de Assen, ao superar Francesco Bagnaia. Depois, o francês disparou na liderança e seguiu para vencer na “Catedral da Velocidade”.

Fabio Quartararo
Quartararo segue na liderança da MotoGP. (Foto: MotoGP)

A segunda posição ficou com Maverick Viñales, que largou da pole position, caiu para quarto e se recuperou, completando o 1-2 da marca do diapasão. Joan Mir, com a Suzuki, completou o pódio com a terceira posição, depois de superar Johann Zarco, piloto da Pramac Ducati que foi o quarto. A lista dos cinco melhores foi completada por Miguel Oliveira, da KTM.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter

Bagnaia, que liderou a corrida nas voltas iniciais, recebeu uma punição por não respeitar os limites de pista, precisou pagar uma volta longa e terminou em sexto com a Ducati, sendo seguido por Marc Márquez, que largou da 20ª posição e terminou em sétimo com a Honda. Aleix Espargaró foi o oitavo com a Aprilia. Takaaki Nakagami, com uma Honda da LCR, e Pol Espargaró, da Honda, fecharam o top-10.

LEIA MAIS:

Moto2: Raúl Fernández dispara no fim e vence na Holanda
Moto3: Foggia abre vantagem no final e vence na Holanda

A MotoGP faz uma parada de mais de um mês para as férias e será retomado no dia 8 de agosto, com a realização do Grande Prêmio da Estíria, marcado para o Red Bull Ring, na Áustria.

Confira como foi a corrida

A corrida em Assen começou com Fabio Quartararo tomando a primeira posição, sendo seguido por Francesco Bagnaia e Takaaki Nakagami. Maverick Viñales, que largou da pole position, despencou para a quarta posição, enquanto Álex Rins completava o grupo dos cinco melhores. Ainda no giro inicial, Bagnaia tomou a liderança da corrida.

Na segunda volta, Johann Zarco atacou Rins e o espanhol da Suzuki escapou da pista, caindo para o final do pelotão. No terceiro giro, Quartararo chegou a superar Bagnaia na chicane do setor final, mas viu o italiano recuperar a ponta na reta dos boxes, se valendo da força do motor da Ducati. O líder do campeonato tentou a mesma coisa, sem sucesso, na quinta volta.

Quartararo tomou a liderança da prova na sexta volta, deixando Bagnaia para trás no miolo do circuito, começando a abrir vantagem imediatamente. Valentino Rossi caiu com a Yamaha da SRT na oitava volta, deixando a disputa. Na frente, Nakagami passou a atacar Bagnaia, e os dois começaram a trocar ultrapassagens na chicane antes da reta, com o piloto da Ducati prevalecendo.

Com 12 voltas de corrida, Quartararo abriu três segundos em relação a Bagnaia, que seguia pressionado por Nakagami. Na 14ª volta, porém, o italiano foi punido com uma volta longa por exceder os limites de pista, enquanto Nakagami foi tocado por Joan Mir e despencou na classificação. Jack Miller caiu na volta 15, enquanto Bagnaia pagou a punição.

Quartararo abriu quatro segundos para Viñales, que avançou para o segundo lugar com os incidentes dos rivais. Vindo de trás, Marc Márquez avançou para o oitavo lugar ao passar por Nakagami na volta 16. Miller, que voltou à pista, foi desclassificado pela direção de prova por correr com uma moto com problemas. Na volta 19, Mir passou por Zarco para tomar a terceira posição.

Viñales cortou a diferença de Quartararo para a casa de três segundos quando restavam cinco voltas para o final da prova. Mais atrás, Márquez tentou um ataque sobre Bagnaia, em disputa valendo o sexto lugar, mas quase foi superado por Aleix Espargaró, tendo que recolher a tentativa de ultrapassagem. Com dois giros para o encerramento da prova, o piloto da Aprilia superou Márquez.

Márquez retomou a sétima posição de Aleix Espargaró na abertura da volta final, enquanto Quartararo seguiu para vencer a prova.

Comentários