Card image
MotoGP
Miller fala em busca de acerto, e lamenta segunda queda

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 07/02/2019
  • Atualizado: 07/02/2019 às 19:34
  • Por: Leonardo Marson

Jack Miller mostrou-se rápido durante o segundo dia de testes de pré-temporada da MotoGP, realizado nesta quinta-feira (7) no circuito de Sepang, na Malásia. O australiano, que corre com uma Ducati GP19 preparada pela Pramac, foi o terceiro mais veloz ao final das atividades do dia, mesmo tendo sofrido uma queda na parte da manhã que o fez perder tempo de pista.

LEIA MAIS:
Viñales bate Rins e lidera segundo teste da MotoGP em Sepang
Viñales destaca bom ritmo de corrida da Yamaha após teste
Rins celebra “dia muito positivo” com a Suzuki em Sepang

O piloto destacou o trabalho focado no acerto da moto, que funcionou bem. Miller ressaltou ter usado pneus usados quando conseguiu seu melhor desempenho nesta quinta-feira.

“Nós trabalhamos duro no acerto da moto, tentado muitas soluções. O sentimento com a moto é muito bom e, já com os pneus médios usados, fui capaz de fazer uma volta muito rápida em 1min59s”, disse Miller.

O representante da Pramac disse que precisa não cair na curva 9 de Sepang, que vem sendo seu calcanhar de aquiles nesta primeira rodada de testes da MotoGP. O piloto caiu neste ponto nos dois dias de atividades.

“Foi uma pena eu ter sofrido o acidente. Foi a segunda vez em dois dias que caí na curva 9. Amanhã eu tenho que parar com esta má tradição”, completou o piloto australiano, que neste ano tem como companheiro Francesco Bagnaia.

A primeira bateria de testes de pré-temporada da MotoGP será encerrada nesta sexta-feira (8), com mais oito horas de pista liberada aos pilotos em Sepang. A temporada 2019 será aberta no dia 10 de março com a realização do Grande Prêmio do Catar, em Losail.

Foto: Getty Images