Card image
MotoGP
Chefe da Aprilia na MotoGP, Fausto Gresini morre vítima de Covid-19

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 23/02/2021
  • Atualizado: 23/02/2021 às 16:39
  • Por: Leonardo Marson

O mundo do motociclismo está de luto. Morreu na manhã desta terça-feira (23) o bicampeão mundial das 125cc e chefe de equipe Fausto Gresini. O dono da equipe Gresini, que atua na Moto2 e na Moto3, além de ser a responsável pela estrutura da Aprilia na MotoGP, tinha 60 anos e morreu em decorrência da Covid-19, na Itália.

Fausto Gresini
Fausto Gresini tinha 60 anos. (Foto: Motociclismo)

Gresini estava internado desde o final de dezembro de 2020, já por complicações provocadas pelo coronavírus. A situação do italiano piorou nos últimos dias, e a morte chegou a ser anunciada na noite da última segunda-feira, sendo desmentida depois. Nesta manhã, porém, Fausto não resistiu e perdeu a vida.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Como piloto, Fausto Gresini competiu no Mundial de Motovelocidade entre os anos de 1982 e 1994, se tornando bicampeão da 125cc, atual Moto3, em 1985 e 1987. Foram 21 vitórias em 132 corridas disputadas. Em 1997, Gresini fundou a equipe que levava seu nome.

LEIA MAIS:

Red Bull apresenta o RB16B, carro para a temporada da F1

Nomes importantes da história do motociclismo mundial passaram pela equipe de Gresini, como Alexandre Barros e Sete Girbenau. A equipe de Fausto faturou quatro títulos: Daijiro Kato, em 2001, na 250cc, Tony Elias, em 2010, na Moto2, Jorge Martín, em 2018, na Moto3, e Matteo Ferrari, em 2019, pela MotoE.

Fausto deixa a esposa, Nádia, e quatro filhos: Lorenzo, Luca, Alice e Agnese.