Card image
Competições
Torres conquista título da MotoE em final polêmico. Ferrari vence em Misano

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 19/09/2021
  • Atualizado: 21/09/2021 às 16:33
  • Por: Leonardo Marson

Jordi Torres conquistou neste domingo (19) o bicampeonato da MotoE, após um final polêmico na última corrida do ano, disputada no circuito de Misano, na Itália. O piloto espanhol liderou toda a corrida, mas batalhou nas voltas finais com Dominque Aegerter, caindo após um toque na última volta. O suíço foi o primeiro a completar a corrida, resultado que lhe daria o título, mas acabou punido pouco depois. Matteo Ferrari herdou a vitória, enquanto o piloto da Pons foi o campeão.

Jordi Torres
Torres venceu a MotoE pela segunda vez na carreira. (Foto: MotoGP)

Torres largou da pole position e durante seis das oito voltas, se manteve na liderança, enquanto Aegerter diminuía a diferença. Precisando da vitória e que o rival perdesse mais posições, o suíço da IntactGP abriu ataque na penúltima volta, sempre levando o troco do espanhol na sequência. O lance derradeiro ocorreu na curva 14, na volta final. Os dois se tocaram e Torres caiu, enquanto Aegerter seguiu para a vitória.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram! e no Twitter
Acompanhe tudo o que rola no esporte a motor com o Boletim Racing

Imediatamente o lance entrou em investigação pelos comissários, que pouco depois puniram Aegerter com o acréscimo de 38 segundos. O resultado fez o suíço recuar para a 12ª posição, apenas uma posição à frente de Torres, que ainda se levantou para terminar em 13º. A posição valeu ao espanhol o segundo título na categoria das motos elétricas, em um ano em que venceu apenas uma vez, justamente em Misano, no sábado.

LEIA MAIS:

MotoGP: Bagnaia impede ataque de Quartararo e vence o GP de San Marino
Fernández supera Canet e vence em Misano pela Moto2
Foggia aproveita erros dos rivais e vence em Misano na Moto3

A vitória acabou nas mãos de Matteo Ferrari, piloto da Gresini que terminou apenas 0s348 à frente de Mattia Casadei, o segundo colocado com uma moto da SIC58. Miquel Pons completou o pódio com a terceira colocação em Misano. Kevin Zannone, companheiro de Pons na LCR, foi o quarto colocado, enquanto Eric Granado completou o grupo dos cinco primeiros com uma moto da One Energy.

O campeonato da MotoE terminou com Jordi Torres somando 100 pontos, sete a mais em relação a Dominique Aegerter, vice-campeão com 93 pontos. Matteo Ferrari ficou com o terceiro lugar, após somar 86 pontos. Eric Granado completou a temporada na quarta posição, com 84 pontos.

Comentários