Card image
Kart
Barrichello apresenta projeto para kartódromo em Salvador

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 12/09/2019
  • Atualizado: 12/09/2019 às 15:51
  • Por: Leonardo Marson

Um projeto encabeçado por Rubens Barrichello prevê a construção de um complexo de automobilismo na região do estádio da Fonte Nova, em Salvador (BA). O projeto, que ainda conta com o apoio da NF Sports, equipe que atua nas competições de kart no País, e de um grupo de empresários capitaneados pela MCA Gribel, foi apresentado na última terça-feira (10) ao Governador do Estado da Bahia, Rui Costa, em cerimônia na sede do governo estadual.

Barrichello
Kartódromo de Salvador será construído próximo ao estádio da Fonte Nova, em Salvador. (Foto: divulgação)

O projeto prevê a construção de um kartódromo próximo a atual casa do Bahia no futebol, além da construção de um shopping com lojas, restaurantes e academia de ginástica. Haverá ainda um espaço em que Barrichello promoverá uma exposição permanente de automobilismo, com destaque para a presença de carros da Fórmula 1, troféus, macacões, capacetes e outros itens.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!

A pista contará com extensão total de 850 metros, onde se destacam uma grande reta e curvas em todos os ângulos. A largura do traçado será de oito metros, e toda a construção levará em conta a regulamentação da Comissão Internacional de Kart da Federação Internacional de Automobilismo (CIK/FIA). Há ainda a intenção de se trazer para a capital baiana karts elétricos, o que já é visto em algumas partes do mundo.

LEIA MAIS:
Empresário busca viabilizar Mundial de Kart no interior de SP

“Estamos muito felizes com a oportunidade que se abriu para nós levarmos o automobilismo de base a um espaço como esse. A Bahia, sua cultura, seu povo e sua alegria são especiais e a possibilidade de unirmos os dois mais populares esportes brasileiros em um só local é sensacional”, diz Barrichello, recordista de largadas na Fórmula 1 e atual piloto da Stock Car.

“Nos últimos anos estudamos muito os chamados ‘legados’ promovidos pelos megaeventos esportivos, como Copa do Mundo e Olimpíadas. Quando apareceu a oportunidade na Arena Fonte Nova fomos atrás de uma solução, com cada um dos sócios do empreendimento contribuindo com novas ideias. Estamos muito entusiasmados com o resultado”, comenta Bruno Fusaro, um dos sócios da NF Sports.