Card image
Indy
Power é pole em St. Pete; Newgarden parte à frente de Dixon

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 24/10/2020
  • Atualizado: 24/10/2020 às 17:56
  • Por: Leonardo Marson

Will Power conquistou a pole position para o Grande Prêmio de São Petersburgo, etapa final da temporada da Indy. No Fast Six, fase decisiva da classificação realizada neste sábado (24) no circuito montado nas ruas da cidade da Flórida, o piloto da Penske anotou 1min01s0369, garantindo mais uma posição de honra na categoria.

Will Power
Power se sobressaiu em relação aos dois postulantes ao título. (Foto: IndyCar)

A segunda posição no grid ficou com Alexander Rossi, piloto da Andretti Autosport que foi 0s1361 mais lento em relação a Power. Colton Herta ficou com a terceira posição, e dividirá a segunda fila com mais um piloto da Andretti, James Hinchcliffe. Jack Harvey, da Meyer Shank, parte em quinto, enquanto Pato O’Ward, da McLaren, fecha a lista dos seis melhores.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Entre os pilotos que não se classificaram para o Fast Six, o mais rápido foi Sébastien Bourdais, piloto da AJ Foyt que largará da sétima colocação. Josef Newgarden, vice-líder do campeonato e único ainda com chances de tirar o título de Scott Dixon, parte em oitavo com um carro da Penske. Rinus VeeKay, da Carpenter, e Oliver Askew, da McLaren, formam a quinta fila.

LEIA MAIS:

Herta comanda 1-2 da Andretti em treino livre em St. Pete
Penske anuncia contratação de McLaughlin para a Indy
Confira a programação para o GP de São Petersburgo, decisão da Indy</a

Líder do campeonato desde a primeira corrida do ano, Dixon vai largar da 11ª colocação com o carro da Chip Ganassi. Simon Pagenaud, da Penske, completa a lista dos 12 melhores no grid de largada para a etapa decisiva da temporada da Indy.

A classificação ainda foi marcada por uma confusão. Ainda na primeira fase, Felix Rosenqvist se assustou com uma escapada de Max Chilton e bloqueou Álex Palou. O sueco foi punido com a perda das duas melhores voltas da sessão, sendo eliminado do Fast 12. Rinus VeeKay e Oliver Askew também tiveram voltas deletadas por não respeitarem bandeiras amarelas.

A Chip Ganassi protestou contra a decisão dos comissários, que optaram por reavaliar o lance. A alegação usada por Rosenqvist foi a de que ele diminuiu a velocidade por ver Chilton rodado, dizendo ainda que a bandeira amarela demorou de ser mostrada, mas o sueco ficou de fora da segunda rodada da classificação.

O Grande Prêmio de São Petersburgo da Indy será disputado neste domingo (25), a partir das 15h30, com transmissão ao vivo do canal Bandsports e da plataforma de streaming DAZN.