Card image
Indy
Indy cancela etapas de Richmond e Toronto e muda calendário

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 22/05/2020
  • Atualizado: 22/05/2020 às 12:48
  • Por: Leonardo Marson

A Indy anunciou nessa quinta-feira (21) o cancelamento de duas etapas da temporada 2020. Como esperado após a determinação para não realização de eventos com público acima de 25 mil pessoas até o final de agosto, o Grande Prêmio de Toronto não será mais realizado. A outra prova que deixa o calendário é o Grande Prêmio de Richmond, que voltaria a integrar a categoria americana neste ano.

Indy
Toronto seria a única etapa a Indy fora dos Estados Unidos. (Foto: IndyCar)

O estado americano da Virginia, onde está localizado o circuito de Richmond, iniciou o plano de reabertura das atividades na última semana, e estima que eventos com aglomerações poderão acontecer apenas em agosto. A etapa da Indy estava marcada para o dia 27 de junho.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Richmond e Toronto passam a integrar um grande grupo de corridas que foram canceladas para a temporada deste ano da Indy. Além da pista na Virginia e do circuito urbano canadense, Austin, Long Beach, Alabama e Detroit não receberão o campeonato neste ano.

LEIA MAIS:

Ferrari avalia entrada na Indy a partir de 2022
Indy confirma nova data e St. Pete fecha temporada 2020
Sem público, Indy abre temporada com etapa no Texas em junho
Parte das equipes da Indy reiniciam trabalhos para temporada

Para manter o calendário com 14 etapas, a Indy agiu rápido: a etapa de Laguna Seca, que teria apenas uma corrida, passará a ser realizada em esquema de rodada dupla nos dias 19 e 20 de setembro. Outra mudança acontece com Elkhart Lake, que sai do dia 21 e junho e passa a ser uma rodada dupla, com provas nos dias 11 e 12 de julho.

A data de abertura do campeonato continua mantida para 6 de junho, quando será realizada a Texas 300 no oval de 1,5 milha localizado em Fort Worth. Depois, o campeonato para por praticamente um mês, retornando com o Grande Prêmio de Indianápolis, em 4 de julho.

Confira como ficou o calendário da Indy:

6 de junho – Texas
4 de julho – Indianápolis
11 de julho – Elkhart Lake
12 de julho – Elkhart Lake
17 de julho – Iowa
18 de julho – Iowa
9 de agosto – Mid-Ohio
23 de agosto – 500 Milhas de Indianápolis
30 de agosto – Gateway
13 de setembro – Portland
19 de setembro – Laguna Seca
20 de setembro – Laguna Seca
3 de outubro – Indianápolis
25 de outubro – São Petersburgo