Card image
Indy
Indy adia 500 Milhas de Indianápolis e revela novo calendário

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 26/03/2020
  • Atualizado: 26/03/2020 às 18:30
  • Por: Leonardo Marson

A Indy anunciou no início da tarde desta quinta-feira (26) o adiamento das 500 Milhas de Indianápolis, uma das mais importantes corridas do automobilismo mundial. Inicialmente marcada para o dia 24 de maio, a corrida no Indianapolis Motor Speedway passará a ser disputada praticamente três meses depois, no dia 23 de agosto. O motivo do adiamento foi a pandemia de coronavírus, que afetou grande parte do calendário.

Indy 500
As 500 Milhas de Indianápolis acontecerão em agosto pela primeira vez na história. (Foto: IndyCar)

“Maio em Indianápolis é a minha época favorita do ano e, como nossos fãs, estou desapontado por ter que reagendar a Indy 500”, disse Roger Penske, proprietário da categoria e do Indianapolis Motor Speedway. “Apesar disso, a saúde e segurança de nossos participantes e espectadores de eventos é nossa principal prioridade, e acreditamos que adiar o evento é uma decisão responsável com as condições que estamos enfrentando”, seguiu.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Continuaremos focados com a forma como nós podemos melhorar a experiência para nossos fãs nos próximos meses, e estou confiante de que nós daremos as boas-vindas aos fãs com um espetáculo global quando tivermos a ‘maior corrida do mundo’”, completou o dirigente, que também é proprietário do Team Penske, uma das principais equipes da Indy.

LEIA MAIS:
McLaren anuncia Alonso para a disputa da Indy 500

Outra mudança importante acontece com o Grande Prêmio de Indianápolis, prova que é disputada no circuito misto do IMS. Antes prevista para o dia 9 de maio, a corrida acontecerá no dia 4 de julho, dia em que é comemorada a Independência dos Estados Unidos. No mesmo final de semana também correrá a etapa da Nascar em Indianápolis, em uma dobradinha inédita das principais categorias do automobilismo americano.

O calendário da Indy também sofreu uma grande alteração em relação ao número de corridas anunciado no final de 2019. Antes previsto para 17 etapas em 16 finais de semana, o campeonato contará apenas com 13 ou 14 corridas, em 14 ou 15 finais de semana. Além de Long Beach, que teve a corrida deste ano cancelada, também não haverá provas no Alabama e em Austin.

Há uma dúvida sobre o GP de São Petersburgo, que tradicionalmente abre a temporada. Existe a possibilidade de a corrida fechar o campeonato, em data ainda não revelada. Pelo novo calendário, a temporada 2020 da Indy será aberta nos dias 30 e 31 de maio, com a realização da rodada dupla de Detroit. Confira abaixo como ficou o novo calendário da Indy:

30 de maio – Detroit (Corrida 1)
31 de maio – Detroit (Corrida 2)
6 de junho – Texas
21 de junho – Road América
27 de junho – Richmond
4 de julho – Indianápolis (misto)
12 de julho – Toronto
18 de julho – Iowa
9 de agosto – Mid-Ohio
23 de agosto – 500 Milhas de Indianápolis
30 de agosto – Gateway
13 de setembro – Portland
20 de setembro – Laguna Seca
Sem data – São Petersburgo