Card image
IMSA
Pipo Derani lamenta falha de câmbio nas 24 Horas de Daytona

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 29/01/2020
  • Atualizado: 29/01/2020 às 10:55
  • Por: Leonardo Marson

Pipo Derani lamentou os problemas enfrentados no Cadillac DPi da Action Express durante as 24 Horas de Daytona, prova que abriu a temporada 2020 da IMSA, no último domingo (26). O brasileiro, que correu ao lado do compatriota Felipe Nasr, e de Mike Conway e Filipe Abuquerque, sofreu com uma falha no câmbio durante a madrugada no Daytona International Speedway, e completando apenas em sétimo.

Pipo Derani
Derani passou a ter problemas a noite em Daytona. (Foto: José Mário Dias)

Derani e a Action Express passaram boa parte da primeira metade da corrida na quarta posição, chegando a liderar em poucos momentos. A partir daí, uma série de problemas, como uma obstrução da entrada de ar, um pneu furado e a falha no câmbio impediu o quarteto de lutar por resultados melhores na sequência da corrida, obtendo apenas o sétimo posto.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

“Infelizmente, não era pra ser desta vez. Tivemos muitos problemas. Desde um simples adesivo, que estava fechando a entrada de ar, ao pneu furado e aos problemas com o câmbio no final”, disse Derani, vencedor da mais importante corrida de longa duração dos Estados Unidos em 2016, logo após o encerramento da prova realizada neste final de semana.

LEIA MAIS:
Time de Kobayashi e Dixon vence as 24 Horas de Daytona

“Mas gostaria de agradecer a todos pela dedicação. A equipe fez um trabalho fantástico, considerando tudo o que passamos. O carro esteve sempre rápido antes de enfrentarmos estes problemas”, seguiu o brasileiro, que venceu no ano passado o torneio de corridas de endurance da IMSA, e foi vice-campeão ao lado de Nasr no campeonato que inclui as corridas mais curtas.

“Conseguimos terminar em sétimo e vamos levar esses pontos, que serão importantes na briga pelos campeonatos. Vamos voltar à briga em Sebring”, completou Derani, que agora se prepara para a segunda etapa da temporada da IMSA, a não menos tradicional 12 Horas de Sebring, prova que acontece no dia 21 de março, e que foi vencida pelo brasileiro em três oportunidades.