Card image
Competições
Jarvis coloca a Mazda na pole das 24 Horas de Daytona

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 24/01/2020
  • Atualizado: 24/01/2020 às 2:52
  • Por: Leonardo Marson

O britânico Oliver Jarvis conquistou nesta quinta-feira (23) a pole position para as 24 Horas de Daytona, prova que abre a temporada 2020 da IMSA. Correndo com um Mazda DPi preparado pelo Team Joest, o companheiro de Tristan Nuñez e Olivier Pla registrou na melhor de suas passagens pelo traçado misto do Daytona International Speedway a marca de 1min33s711, garantindo a posição de honra.

Daytona
Mazda começa a corrida de sábado na ponta em Daytona. (Foto: IMSA)

A primeira fila será completada pelo atual campeão da IMSA, Juan Pablo Montoya, que acabou a classificação com um tempo 0s443 mais lento em relação a Jarvis. O colombiano, parceiro de Simon Pagenaud e Dane Cameron no Acura DPi da Penske, será seguido por Jonathan Bomarito, que tem como companheiros Harry Tincknell e Ryan Hunter-Reay na condução de outro Mazda DPi.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Felipe Nasr, parceiro de Pipo Derani e Mike Conway colocou o Cadillac DPi da Action Express na quarta posição, fechando a segunda fila. O grupo dos cinco primeiros foi completado por Ryan Briscoe, piloto de um Cadillac da Wayne Taylor, equipe vencedora da prova em Daytona no ano passado, e que tem como parceiros Renger van der Zande, Scott Dixon e Kamui Kobayashi.

LEIA MAIS:
Troféu Ayrton Senna de Kart negocia mais edições em Birigui

Os outros brasileiros viram seus companheiros não conseguirem boas posições no grid. Matheus Leist, que integra uma tripulação que conta com Juan Piedrahita, Chris Miller e Tristan Vautier, viu o francês colocar o Cadillac DPi da JDC-Miller na sexta posição. Helio Castroneves, da Penske, viu Ricky Taylor bater o Acura da Penske no final o treino, e partirá em oitavo, última posição da classe DPi. A tripulação ainda conta com Alexander Rossi.

Pela classe LMP2, a pole position ficou com Ben Keating, piloto da PR1/Mathiasen que marcou 1min37s446. A segunda posição ficou com Henrik Hedman, da DragonSpeed, que ficou 0s282 atrás do dono da posição de honra. John Farano partirá da terceira posição, sendo seguido por Cameron Cassels e por Dwight Merriman. Apenas pilotos com graduação bronze puderam classificar nesta divisão.

Na GTLM, a pole position ficou com Nick Tandy, piloto de um Porsche 911 RSR que marcou 1min42s207. O time dos carros alemães ainda viu Laurens Vanthoor ficar com a segunda posição, com um tempo apenas 0s049 pior que Tandy. Antonio García, correndo com um Corvette C8.R, marcou o terceiro tempo, sendo seguido por Tommy Milner, com outro Corvette.

Os brasileiros da classe GTLM largarão um pouco mais de trás. Augusto Farfus, parceiro de John Edwards, Chaz Mostert e Jesse Khron, tentará a segunda vitória seguida em Daytona largando da sexta posição com um BMW M8 GTE, enquanto Daniel Serra, estreando como piloto oficial da Ferrari, viu Alessandro Pier Guidi colocar a Ferrari 488 GTE em sétimo. O time ainda conta com James Calado e Davide Rigon.

Zach Robichon colocou um Porsche 911 GT3 R na pole position da divisão GTD, marcando 1min45s237, relegando Jeff Westphal, piloto de uma Ferrari 488 GT3, ao segundo lugar. Trent Hindman, com um Acura NSX GT3, parte em terceiro, seguido por Robby Foley, com um BMW M6 GT3, e por Stejin Schothorst, com uma Lamborghini Huracan GT3. Felipe Fraga partirá da 22ª posição da classe com um Mercedes-AMG GT3.

Os treinos livres seguem nesta sexta-feira, enquanto o sábado contará com a corrida, que tem largada às 15h40, com transmissão dos canais Fox Sports.