Card image
IMSA
Derani fica “sem palavras” após nova vitória em Sebring

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 17/03/2019
  • Atualizado: 18/03/2019 às 17:41
  • Por: Leonardo Marson

Pipo Derani conquistou sua terceira vitória nas 12 Horas de Sebring, uma das mais importantes provas do automobilismo mundial, nesse sábado (16). O brasileiro dividiu a pilotagem de um protótipo Cadillac DPi preparado pela Action Express com Felipe Nasr e Eric Curran, e foi o responsável por abrir a prova, válida pela segunda etapa da temporada 2019 da IMSA SportsCar.

LEIA MAIS:
Felipe Nasr vê “corrida perfeita” após vitória em Sebring
IMSA: Nasr, Derani e Curran vencem as 12 Horas de Sebring
Alonso, Nakajima e Buemi vencem as 1000 Milhas de Sebring

O resultado representou o terceiro triunfo de Derani em quatro anos, triunfando em 2016, 2018 e nesta temporada. Curiosamente, o brasileiro triunfou com carros diferentes: o primeiro título veio com um Ligier JS P2-Honda, enquanto em 2018, a vitória veio com um Nissan DPi. Neste ano, a conquista veio com um Cadillac DPi. O piloto agradeceu a Action Express pelo trabalho.

“Estou sem palavras. Três montadoras diferentes, três vitórias em quatro anos. O que mais posso dizer? Estou muito feliz. Gostaria de agradecer à equipe pela perfeita execução do trabalho hoje. Conseguimos estar na liderança nas horas 4, 8 e no final e isso nos deu a liderança também do endurance. Deu tudo certo na corrida. Do início ao fim. Nada deu errado. Os pilotos, os mecânicos, os engenheiros, a estratégia… foi tudo perfeito”, disse Derani.

“A corrida começou de uma forma, onde tudo poderia dar errado, com muita chuva. Largamos em quinto e consegui ir para primeiro antes do final da primeira hora. Foi sensacional e dali em diante tudo se encaixou. Estou realmente muito feliz por ter vencido em Sebring pela terceira vez”, seguiu o piloto, que igualou a marca de Phil Hill, Mario Andretti, Olivier Gendebien e Marco Werner.

Pipo Derani
Derani celebra a vitória em Sebring com Felipe Nasr e Eric Curran. (Foto: José Mário Dias)

“Poucas pessoas conseguiram isso. Pra mim, é uma honra colocar meu nome junto ao delas. Mas não teria chegado aqui sem o apoio da minha família e de grandes equipes. Sem a sorte de ter trabalhado com pessoas excepcionais durante todos estes anos, tanto na Patrón, quanto hoje na Action Express”, explicou Derani, que agradeceu o trabalho feito pela equipe.

“Agradeço a eles pela oportunidade de correr este ano numa equipe tão renomada e os resultados já estão aparecendo com o segundo lugar em Daytona, a vitória em Sebring e a liderança do endurance e no geral. Foi um dia sensacional”, seguiu Derani, que revelou ainda que a opção por colocar pneus slicks veio da equipe.

“Para ser honesto, eu não tinha certeza sobre a troca (para os pneus slicks). A pista estava molhada, mas, ao mesmo tempo, sentia que os pneus estavam começando a ir embora. Foi um grande trabalho da equipe colocar os slicks. Eu não pude dar uma resposta a eles, mas eles fizeram o trabalho certo. Foi realmente difícil no começo, com muita água e spray”, completou Derani.

A próxima etapa da IMSA SportsCar acontece no dia 13 de abril, em Long Beach. Será a primeira corrida sprint da temporada, com apenas 1h40min de duração.

Foto: José Mário Dias