A temporada da IMSA SportsCar será aberta neste final de semana com a disputa das 24 Horas de Daytona, prova de endurance mais importante dos Estados Unidos, e que há algum tempo se tornou uma importante vitrine para pilotos brasileiros, que têm enfileirado vitórias no circuito misto do Daytona International Speedway. São seis títulos de pilotos do País, sendo que nas últimas cinco edições, quatro tiveram a bandeira verde e amarela no pódio.

LEIA MAIS:
Nasr começa busca por bicampeonato da IMSA em Daytona
Alonso se diz melhor preparado para as 24h de Daytona
Farfus é escalado de última hora para as 24h de Daytona

A primeira vitória de um brasileiro em Daytona aconteceu em 1988, quando Raul Boesel, então campeão mundial de esporte protótipos, triunfou com um Jaguar XJR-9 ao lado de Martin Brundle, John Nielsen e Jan Lammers. Depois disso, o Brasil só voltaria a ter um vencedor em 2004, quando Christian Fittipaldi venceu com um Doran JE4-Pontiac ao lado de Terry Borcheller, Forest Barber e Andy Pilgrim.

O Brasil só voltaria a ter um representante no alto do pódio em Daytona em 2012, quando Oswaldo Negri venceu com um Riley MkXXVI-Ford ao lado de John Pew, AJ Allmendinger e Justin Wilson. O resultado inaugurou um domínio de pilotos brasileiros na mais importante prova de corridas de longa duração dos Estados Unidos.

Christian Fittipaldi venceu pela segunda vez em 2014, já defendendo a Action Express. Com um Coyote-Corvette DP, o brasileiro venceu ao lado de João Barbosa e Sébastien Bourdais. No ano seguinte, Tony Kanaan ajudou a Chip Ganassi a triunfar com um Riley MkXXVI-Ford, e teve como companheiros Scott Dixon, Kyle Larson e Jamie McMurray.

Em 2016, a terceira vitória de uma equipe com brasileiros seguida. Pipo Derani, com a companhia de Ed Brown, Johannes van Overbeek e Scott Sharp, levou o Ligier JS P2-Honda da Tequila Patrón ESM ao título. No ano passado, Christian Fittipaldi venceu pela terceira vez, agora tendo como parceiros João Barbosa e Filipe Albuquerque na condução de um Cadillac Dpi-V.R.

Neste ano, 12 pilotos do País estarão na prova, sendo que cinco deles competirão na classe DPi, a principal da prova. Christian Fittipaldi escolheu Daytona para encerrar a carreira de piloto. Também na Action Express, mas em outro Cadillac, Felipe Nasr e Pipo Derani iniciam o ano como companheiros de equipe.

Helio Castroneves inicia sua segunda temporada como piloto da IMSA SportsCar, mais uma vez correndo com um Acura preparado pela Penske. Já Rubens Barrichello dará o pontapé inicial em 2019 no circuito localizado em Daytona Beach na condução de um Cadillac preparado pela JDC-Miller.

Os treinos começam nesta quinta-feira (24). A largada para as 24 Horas de Daytona será dada às 17h30 de sábado.

Veja a galeria de fotos com os carros dos brasileiros vencedores das 24 Horas de Daytona: