Card image
Fórmula E
Vergne admite erro em largada em Marrakesh: “Fui um idiota”

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 13/01/2019
  • Atualizado: 13/01/2019 às 15:40
  • Por: Leonardo Marson

Jean-Eric Vergne reconheceu o erro cometido na largada do ePrix de Marrakesh, segunda etapa da temporada 2018/2019 da Fórmula E, realizado nesse sábado (13). O piloto da DS Techeetah, que durante a semana havia dito que buscaria ser mais rápido nas corridas, tentou uma manobra desastrada na largada, ao tentar tomar a primeira posição de Sam Bird, que partiu da pole position. O atual campeão rodou e causou uma grande confusão nos metros iniciais da prova.

LEIA MAIS:
D’Ambrosio vê dupla da BMW bater e vence em Marrakesh
Da Costa assume culpa por incidente com Sims no Marrocos
Nelsinho Piquet e Felipe Massa trocam farpas em Marrakesh
Verstappen aprova experiência com comissários na Fórmula E

“Eu fui um idiota”, disse Vergne, logo após a realização da corrida. “Você sempre tenta tirar a diferença e ser agressivo, mas eu acho que eu fui um pouco demais”, seguiu o piloto, que reforçou sua autocrítica com o desempenho apresentado após a rodada na largada, permitindo-lhe alcançar a quinta colocação ao final da corrida.

“Digo que fui um idiota porque foi completamente desnecessário. Eu tinha ritmo para vencer facilmente. Ganhei 16 segundos, ultrapassei 15 carros depois disso”, explicou Vergne. “Eu não vou me desculpar por ter tentado, o que foi certo. Quando você para de tentar, você começa a retroceder. Isso faz parte do jogo e do automobilismo”, disse o piloto da DS Techeetah.

“Eu acho que este foi o maior erro que eu já cometi na Fórmula E, mas ainda terminar em quinto é ok, eu acho. Não vou mudar nada para Santiago. Eu sou quem eu sou, todos me conhecem. Eu não vou esperar para ultrapassar e não vou mudar isso”, completou Vergne.

O ePrix de Santiago será disputado no próximo dia 26 de janeiro, em um circuito montado nas ruas da capital do Chile.

Foto: FIA Formula E