Card image
Competições
Vandoorne conquista o título virtual da Fórmula E

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 07/06/2020
  • Atualizado: 07/06/2020 às 13:49
  • Por: Leonardo Marson

Stoffel Vandoorne conquistou o título virtual da Fórmula E neste domingo (7), ao terminar a última prova do torneio na segunda posição. A corrida, disputada na plataforma rFactor, teve a realização no circuito de Tempelhof, em Berlim. A vitória ficou com Oliver Rowland, piloto da Nissan e.dams, que manteve a ponta desde a largada. Assim, o belga da Mercedes se tornou o primeiro piloto a triunfar em um campeonato de eSports da categoria.

Stoffel Vandoorne
Vandoorne se tornou o primeiro piloto a vencer o campeonato virtual da Fórmula E. (Foto: FIA Formula E)

O momento chave aconteceu na largada, quando o então líder do campeonato, Pascal Wehrlein, rodou com a Mahindra, despencando para a 20ª posição. A partir daí, Vandoorne apenas comboiou Rowland, enquanto o alemão batalhava para ganhar posições, terminando apenas com o 12º posto.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Além de Rowland e Vandoorne, o pódio na etapa final contou ainda com Maximilian Günther. O alemão da BMW que entrou na corrida com chances remotas de título, e que caiu para oitavo após dividir a primeira curva com Edoardo Mortara, piloto da Venturi que fechou a prova em quarto. Sébastien Buemi, da Nissan e.dams, completou o grupo dos cinco primeiros.

VEJA TAMBÉM

Assista a decisão do campeonato virtual da Fórmula E

James Calado foi o sexto com a Jaguar, terminando logo à frente de Nyck de Vries, sétimo com a Mercedes. Felipe Massa fez mais uma boa corrida no final de semana e terminou em oitavo com a Venturi. O grupo dos dez melhores ainda contou com Kelvin van der Linde, da Audi Sport, e André Lotterer, da Porsche.

Outro brasileiro na disputa da prova, Lucas Di Grassi mais uma vez acabou eliminado. O piloto da Audi Sport chegou a ganhar posições, mas acabou a corrida apenas na 19ª posição. Por ser disputada em formato “race royale”, o último colocado é eliminado a cada volta.

Vandoorne foi o campeão ao terminar o campeonato com 154 pontos, contra 130 de Wehrlein, o segundo colocado. Rowland ficou com a terceira posição com 122, enquanto Günther acabou em quarto, com 118. Edoardo Mortara completou o grupo dos cinco melhores com 59 pontos.