Card image
Fórmula E
Lucas di Grassi busca manter boa fase na F-E em Hong Kong

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 07/03/2019
  • Atualizado: 07/03/2019 às 16:27
  • Por: Leonardo Marson

Lucas di Grassi parte para o ePrix de Hong Kong, quinta etapa da temporada da Fórmula E, marcada para este domingo (10), embalado pela vitória conquistada na Cidade do México, algumas semanas atrás. O resultado, obtido nos metros finais, após Pascal Wehrlein ficar sem bateria, jogou o piloto da Audi para a quarta colocação do campeonato, colocando-o na disputa pelo título de 2018/2019.

LEIA MAIS:
Porsche testa carro da Fórmula E pela primeira vez
Fórmula E anuncia retorno a Londres para temporada 2019/2020
Mercedes exibe pintura para carro da Fórmula E

Di Grassi destaca o trabalho desenvolvido pela equipe das quatro argolas para evoluir o carro, que tem possibilitado a briga por vitórias desde o ePrix de Santiago. O brasileiro vê o ânimo conquistado após a vitória no México como importante para o time para a sequência do campeonato.

“Nossa equipe trabalhou duro nos últimos meses e agora os resultados estão aparecendo – pois estamos novamente em condição de brigar por pódios e vitórias, como fizemos no México”, comenta Di Grassi, que lembra da imprevisibilidade da categoria dos carros elétricos, que teve quatro vencedores em quatro provas na atual temporada.

“Precisamos levar esse embalo que ganhamos na última corrida para a etapa de Hong Kong. A cada corrida fica mais claro como a Fórmula E é imprevisível. A nossa meta sempre é buscar o melhor resultado possível e não relaxar um segundo sequer até conseguirmos essa meta”, segue o brasileiro.

Será a terceira vez que a categoria correrá em Hong Kong, sendo a quarta corrida no circuito de 1.860 metros, já que em 2017 houve uma rodada dupla no local. A pista é estreita em relação a outras em que a Fórmula E passa, o que dificulta as ultrapassagens. Por isso, Di Grassi, vê a tomada de tempo como fundamental neste final de semana.

“Teremos que ser muito precisos nas tomadas de tempo para o grid, pois ultrapassar aqui é muito difícil e você tem que assumir alguns riscos excepcionais para isso. Então, largar entre os primeiros é o um passo importante para um bom resultado em Hong Kong”, completa Di Grassi.

Diferente de outras etapas, o ePrix de Hong Kong da Fórmula E será disputado no domingo, e não no sábado. A corrida tem largada a partir das 5h, pelo horário de Brasília, e contará com transmissão dos canais Fox Sports.

Foto: Audi Motorsport