Card image
Competições
Evans voa e fatura a pole em Santiago; Massa parte da segunda fila

5 Minutos de leitura

  • Publicado: 18/01/2020
  • Atualizado: 18/01/2020 às 15:01
  • Por: Leonardo Marson

Mitch Evans conquistou no início da tarde deste sábado (18) a pole position para o ePrix de Santiago, terceira etapa da temporada 2019/2020 da Fórmula E. Único piloto a quebrar a barreira de 1min05s na classificação realizada no circuito montado no Parque O’Higgins, na capital chilena, o piloto da Jaguar marcou na Super Pole 1min04s827, garantindo a posição de honra.

Mitch Evans
Evans foi dominante ao longo da classificação. (Foto: FIA Formula E)

A segunda posição ficou com Max Günther, piloto da BMW Andretti que acabou superado em 0s275 em relação a Evans. Pascal Wehrlein, da Mahindra, e Felipe Massa, da Venturi, dividirão a segunda fila depois de marcarem o mesmo tempo na Super Pole, com o alemão levando vantagem por ter feito a volta primeiro. Oliver Turvey, da NIO, surpreendeu ao marcar o quinto tempo, dividindo a terceira fila com Sébastien Buemi, da Nissan e.dams.

Você conhece o canal da RACING no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga a RACING também no Instagram!

Entre os pilotos que não se classificaram para a Super Pole, o melhor foi Edoardo Mortara, que largará da sétima colocação com o carro da Venturi, dividindo a quarta fila do grid com Nyck de Vries, oitavo com a Mercedes. Stoffel Vandoorne, com o outro carro da estrela de três pontas, ficou com a nona posição, enquanto António Félix da Costa, da DS Techeetah, fecha a lista dos dez primeiros.

LEIA MAIS:
Rowland lidera TL2 em Santiago. Massa é o segundo
Sam Bird lidera primeiro treino em Santiago

Se Massa avançou para a Super Pole, Lucas di Grassi não teve essa chance. O piloto da Audi Sport escorregou em uma das curvas e perdeu muito tempo para evitar uma colisão com o muro, e largará apenas da 23ª colocação, à frente apenas de Ma Qing Hua, que não marcou tempo. Oliver Rowland, melhor do segundo treino, bateu em sua volta rápida, e partirá em 22º, dividindo a penúltima fila com Robin Frijns, que rodou em seu giro.

O ePrix de Santiago de Fórmula E será disputado ainda neste sábado, a partir das 16h, e contará com transmissão ao vivo para o Brasil dos canais Fox Sports. RACING acompanha a toda a etapa direto da capital chilena.

Confira como foi a classificação

Primeira fase

Grupo 1: Alexander Sims, Stoffel Vandoorne, Sam Bird, Oliver Rowland, Lucas Di Grassi e Andre Lotterer

Os pilotos do primeiro grupo demoraram a sair para a pista, com Lotterer sendo o primeiro a ir para a pista quando restavam 3min30s dos seis minutos que cada grupo possui nesta primeira fase. Não por acaso, o alemão rodou em 1min23s724, marca alta comparado com os tempos dos treinos livres. Sims e Rowland logo o superaram.

Lotterer tomou a ponta com 1min05s801, mas acabou batido por Vandoorne, que marcou 1min05s566. Di Grassi, por sua vez, perdeu o ponto de frenagem e quase acertou o muro, ficando relegado ao sexto tempo. Já Rowland encheu o muro, danificando muito o carro da Nissan e.dams. Vandoorne encerrou o grupo na frente, seguido por Lotterer, Sims, Bird, Rowland e Di Grassi.

Grupo 2: Edoardo Mortara, Robin Frijns, Nyck de Vries, Daniel Abt, James Calado e Jean-Eric Vergne

Assim como no primeiro grupo, os pilotos demoraram para sair à pista, sendo ainda mais agressivos. Os seis competidores deixaram os boxes com dois minutos para o final do treinamento, partindo para apenas uma volta rápida. Calado foi o primeiro a marcar uma volta, com um altíssimo 1min12s973.

De Vries tomou o melhor tempo ao marcar 1min05s560, mas logo foi batido por Mortara, que mesmo sendo obrigado a ultrapassar Frijns, que rodou, foi 0s013 mai rápido, tomando a liderança da folha de tempos. Vergne se colocou na quarta posição, atrás de Vandoorne, o melhor do primeiro grupo, enquanto Abt avançou ao quinto lugar, se colocando na zona de classificação para a Super Pole.

Grupo 3: António Félix da Costa, Brendon Hartley, Jérôme D’Ambrosio, Mitch Evans, Pascal Wehrlein e Max Günther

Novamente os pilotos optaram por sair para a pista apenas nos instantes finais dos seis minutos estipulados por regulamento. Assim, Günther foi o primeiro a marcar tempo na capital chilena dentro do grupo, com 1min17s160, marca melhor apenas que as de Rowland e Di Grassi.

Com o cronometro zerado, Evans se colocou na ponta com 1min04s941, enquanto Günther pulou para a segunda colocação, 0s228 atrás do neozelandês. Wehrlein se colocou em terceiro com a Mahindra. Da Costa, um dos pilotos mais empolgados para o final de semana em Santiago, ficou com o sétimo tempo, fora da disputa da Super Pole.

Grupo 4: Felipe Massa, Sébastien Buemi, Neel Jani, Oliver Turvey, Ma Qing Hua e Nico Müller

Como de costume, os pilotos esperaram por alguns minutos para visitar a pista. Quando os competidores partiram para a volta rápida, Buemi se colocou na terceira colocação, marcando 1min05s390, ficando imediatamente à frente de Massa e de Turvey, que também se classificaram.

Super Pole

O primeiro piloto a partir para a pista na fase decisiva foi Wehrlein, que marcou 1min05s645 com o carro da Mahindra. Logo na sequência, Turvey foi para a volta rápida, ficando com um tempo 0s143 pior em relação ao alemão. Massa foi o próximo a andar em Santiago, marcando o mesmo tempo de Wehrlein.

Buemi foi o quarto a registrar tempo, ficando com a quarta colocação, pior entre os pilotos que fizeram voltas até o momento. Günther foi o próximo visitar a pista, e tomou a primeira colocação com o carro da BMW Andretti, cravando 1min05s102, tempo melhor em relação ao tempo da fase inicial. Evans fechou a classificação e conquistou a pole position ao marcar 1min04s827.

Confira como ficou o grid de largada:

1º – Mitch Evans (NZL/Jaguar) – 1min04s827
2º – Max Günther (ALE/BMW Andretti) – 1min05s102
3º – Pascal Wehrlein (ALE/Mahindra) – 1min05s645
4º – Felipe Massa (BRA/Venturi) – 1min05s645
5º – Oliver Turvey (ING/NIO) – 1min05s788
6º – Sébastien Buemi (SUI/Nissan e.dams) – 1min05s809

7º – Edoardo Mortara (SUI/Venturi) – 1min05s547
8º – Nyck de Vries (HOL/Mercedes) – 1min05s560
9º – Stoffel Vandoorne (BEL/Mercedes) – 1min05s566
10º – António Félix da Costa (POR/DS Techeetah) – 1min05s574
11º – Jean-Eric Vergne (FRA/DS Techeetah) – 1min05s625
12º – Neel Jani (SUI/Porsche) – 1min05s696
13º – Daniel Abt (ALE/Audi Sport) – 1min05s745
14º – Andre Lotterer (ALE/Porsche) – 1min05s801
15º – Alexander Sims (ING/BMW Andretti) – 1min05s848
16º – Sam Bird (ING/Virgin) – 1min05s886
17º – Brendon Hartley (NZL/Dragon) – 1min06s126
18º – James Calado (ING/NIO) – 1min06s886
19º – Nico Müller (ALE/Dragon) – 1min06s367
20º – Jérôme D’Ambrosio (BEL/Mahindra) – 1min06s305
21º – Robin Frijns (HOL/Virgin) – 1min09s089
22º – Oliver Rowland (ING/Nissan e.dams) – 1min18s239
23º – Lucas di Grassi (BRA/Audi Sport) – 1min26s526
24º – Ma Qing Hua (CHN/NIO) – sem tempo